Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Quinta-feira 21 de Novembro de 2019

1 3
:
3 8
:
5 2

Últimas Noticias

Notícias / Cidades

29 Jun 2016 - 14:34

“A irresponsabilidade já passou e está presa em algum lugar”

Governador defende proposta apresentada de pagamento da RGA em três parcelas de 2%

Agência da Notícia com Redação

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

 O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que não vai abrir mão de condicionar o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) dos servidores públicos à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), que determina os limites de gastos com folha salarial.

Durante entrega de R$ 16,9 milhões em emendas parlamentares, na tarde de terça-feira (29), o tucano fez menção a gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB), ao qual vem acusando de aprovar, em 2014, leis de carreiras de servidores sem o devido estudo de impacto econômico.

“A nossa administração não abre mão do ajuste fiscal. Não abrimos mão da Lei de Responsabilidade Fiscal. Não gasto mais do que posso. A irresponsabilidade já passou. A irresponsabilidade já passou e está presa em algum lugar. Nós administraremos com responsabilidade”, disse.

Não abrimos mão da LRF. Não gasto mais do que posso. A irresponsabilidade já passou e está presa em algum lugar
Desde o ano passado, a atual gestão estourou o teto de gastos com a folha salarial, em que o limite máximo é de 49% e o prudencial de 46%. O Estado precisa baixar os gastos até o final do ano ou corre o risco de sofrer diversas sanções.

Atualmente, o gasto com folha é de 49,74% e o Governo estima chegar aos 49% somente ao final do ano. Este é um dos fatores que Taques tem apontado como determinante para não conceder os 11,28% da RGA.

Na proposta encaminhada à Assembleia, estão previstos 6% de pagamento da reposição. Sendo 2% neste ano e o restante em 2017.

“Nós estamos pagando o que é possível pagar. Não fazemos demagogia, populismo, porque se estivéssemos pensando nas próximas eleições, teríamos determinado o pagamento dos 11,28% da RGA. Mas, não, nós estamos pensando nas próximas gerações de mato-grossenses”, afirmou Taques.

Apoio dos deputados

Por fim, Taques agradeceu o apoio dos deputados da base governista na votação do projeto da RGA.

Segundo ele, são nos momento difíceis que se descobre com quem pode contar.

“Quero agradecer os deputados que têm estado conosco nessa caminhada. Muito obrigado por essa ajuda na Assembleia. A Assembleia é muito importante para que possamos passar essa chuva. E nós passaremos por ela, tenho certeza”, disse.

“Temos que separar os meninos dos que são homens, as ovelhas, daqueles que são lobos. E a chuva é muito importante para saber com quem você pode contar nessa caminhada”, completou.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet