Agência da Notícia

Portal Mato Grosso de noticias

Agência da Notícia, Quarta-feira 25 de Abril de 2018

1 6
:
5 6
:
4 2

Últimas Noticias

Torpedos

OBSERVADOR

Vetado por conter expressões ofensivas e/ou impróprias, denúncias sem provas e/ou de cunho pessoal...

carros em cima de calcadas (pan)

Aqui no pan as coisas andam dificeis sao tantos carros encima das calcadas publicas que fica...

Falecimento

Faleceu neste dia 6/2/2018, o senhor João Milton Laurindo, ele foi Vice prefeito e Vereador e...

Enquete

O cancelamento da 10ª Dinâmica foi correto por parte dos organizadores?

Classificados

Procuro trabalho de motorista cnh E

Cidade: Confresa a Porto Alegre do norte MT

Anunciante: Luiz Gonzaga dias guimaraes

Valor: Negociavel

Estou a procura de oportunidade de trabalho estou abta a aprender as funções

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Aline guimaraes

Valor: Negociavel

Operador

Cidade: Canabrava do norte.

Anunciante: Genilton

Valor: Acombinar

Newsletter

Notícias / Geral

25 Nov 2016 - 01:30

Funcionários dos Correios alegam FGTS atrasado e entram em greve

Agência da Notícia com Redação/ Xingu Com G1

 Funcionários contratados e parte dos servidores efetivos dos Correios em Cuiabá e Várzea Grande entraram em greve, nesta semana, para cobrar o pagamento de vales refeição e transporte, além do recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), que estariam atrasados há dois meses. O G1 não conseguiu contato com os Correios para comentar a paralisação.

Conforme o presidente do Sindicato dos Servidores dos Correios, Edmar Santos Leite, a greve dos funcionários contratados teve início na segunda-feira (21), quando 110 trabalhadores cruzaram os braços. Na ocasião, os salários de setembro e outubro também estariam atrasados. Porém, foram pagos na terça-feira (22).

Segundo o sindicato, o número de servidores terceirizados que estão em greve corresponde a 90% da categoria. Até quarta-feira (23), pelo menos 30 servidores efetivos também aderiram à paralisação.

Conforme a entidade, vários contratados foram demitidos, mas o acerto não foi pago e a situação de dispensa não foi regularizada até o momento. O ponto dos funcionários, porém, já foi cortado. Sobre o FGTS, o sindicato alega que os Correios estão descontando o fundo do salário dos funcionários, mas não estariam repassando o valor para a Caixa Econômica Federal.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet