Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 14 de Outubro de 2019

0 8
:
5 5
:
4 4

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Campanha Publicitária

Internauta AN

Notícias / Economia

6 Jan 2017 - 15:10

IBGE diz que preços ao produtor sobem 0,78% em novembro

Do Agência Brasil

Publicidade

 Em todo o país, o Índice de Preços ao Produtor (IPP) fechou novembro com alta de 0,78%. Apesar do resultado ser 0,69 ponto percentual superior ao de outubro (alta de 0,09%), os preços ao produtor encerraram o período janeiro-novembro com alta acumulada de apenas 0,04% - ficando praticamente estáveis.

Os dados foram divulgados hoje (6), no Rio de Janeiro, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Indicam que o resultado acumulado dos últimos meses, comparativamente aos doze meses imediatamente anteriores, foi de apenas 0,05%.

O IPP mede a evolução dos preços de produtos na porta da fábrica, sem impostos e fretes, de 23 setores da indústria de transformação e das indústrias extrativas.

Segundo o IBGE, a variação do IPP de novembro (0,78%) reflete alta de preços em 21 das 24 atividades na comparação com outubro, contra apenas 11 de setembro. As quatro maiores altas se deram em metalurgia (3,67%), fumo (3,62%), outros equipamentos de transporte (3,24%) e indústrias extrativas (2,2%).

Já em termos de influência, as maiores pressões foram exercidas pela atividade de metalurgia, com contribuição de 0,26 ponto percentual para o IPP do mês; outros equipamentos de transporte (0,08 ponto percentual); alimentos (0,07 ponto) e a indústrias extrativas (0,07 pontos percentuais).

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet