Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Terça-feira 15 de Outubro de 2019

0 8
:
5 4
:
0 3

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Polícia

28 Mar 2014 - 15:26

Sete pessoas são presas durante operação da PF em Mato Grosso

PF identificou grupo de Rondonópolis (MT) que vendia droga no país. Quatro foram presos com armas, drogas, munição e dinheiro

Agência da Noticia com G1 MT

Reprodução

Armamento e munições foram apreendidos durante a operação 'Arcanjo'. (Crédito: Reprodução)

Armamento e munições foram apreendidos durante a operação 'Arcanjo'.

Publicidade

Sete pessoas foram presas até às 10h desta sexta-feira (28) durante a operação Arcanjo, deflagrada pela Polícia Federal em Mato Grosso e outros quatro estados. Segundo a assessoria da Polícia Federal, dos sete suspeitos, quatro foram presos em flagrante por estarem com armas, drogas ou por outro tipo de irregularidade. Um balanço deve ser divulgado na tarde desta sexta-feira.

A operação está sendo feita em Mato Grosso, Goiás, Maranhão, Piauí e Bahia. Segundo a PF, as investigações apontaram uma quadrilha que atuava em Rondonópolis, cidade a 218 km de Cuiabá, e fazia a distribuição e venda de droga nos outros estados brasileiros.

A operação começou durante a manhã na cidade de Rondonópolis. Nessa cidade, os policiais prenderam quatro pessoas em flagrante e que já eram alvo de mandados de busca e apreensão. Com elas foram encontradas armas, porções de droga, munições e dinheiro.

Já em Cuiabá, a PF prendeu um casal e cumpriu o mandado de busca e apreensão no mesmo local. A sétima prisão ocorreu na cidade de Poconé, a 104 km de Cuiabá, além de um mandado de busca e apreensão.

De acordo com a Polícia Federal, devem ser cumpridos 33 mandados de prisão e 33 mandados de busca e apreensão nas cidades de Rondonópolis, Cuiabá, Poconé, Mirassol D’Oeste, Cáceres,Goiânia, Uruana, Itapecuru Mirim, Floriano e Juazeiro.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet