Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Dezembro de 2019

0 7
:
0 1
:
5 2

Últimas Noticias

publicidade

Notícias / Economia

9 Fev 2017 - 17:50

Governo vai monitorar suprimento de energia a Roraima

Do Agência Brasil

Publicidade

 O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) informou hoje (8) que vai analisar detalhadamente o fornecimento de energia elétrica a Roraima, para indicar ações que aumentem a confiabilidade do suprimento de energia ao estado. Atualmente, a única capital brasileira que ainda está eletricamente isolada do país é Boa Vista, cujo abastecimento é feito por meio do recebimento de energia vinda da Venezuela e também com geração térmica local.

O tema também foi tratado hoje pelo Tribunal de Contas da União (TCU). Ao analisar a qualidade dos serviços prestados pela Eletrobras Distribuição Roraima, o ministro José Múcio Monteiro disse que a piora na qualidade da distribuição no estado tem como causa principal a dependência da energia importada da Venezuela, cujo fornecimento tem sido frequentemente interrompido, exigindo a utilização de usinas térmicas.

Atualmente, o estado de Roraima adquire energia elétrica do Complexo Hidrelétrico de Guri, na Venezuela, mas, segundo o TCU, há ameaça clara de falta de abastecimento porque a empresa venezuelana sofre com a falta de manutenção em seus equipamentos, além de existirem períodos de secas que impactam o nível das represas utilizadas para a geração de energia. “Cabe frisar ainda a instabilidade da importação de energia elétrica da Venezuela, já que diversos apagões se devem à oscilação do fornecimento da empresa Corpoelec. Na própria Venezuela, ocorre racionamento de energia”, diz o relatório do TCU.

Segundo José Múcio, a solução para essa questão poderia ser a inclusão do estado de Roraima no Sistema Interligado Nacional, mas as obras do Linhão do Tucuruí, que faria essa ligação, estão paralisadas.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet