Agência da Notícia

Portal Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Julho de 2017

2 3
:
3 1
:
3 1

Últimas Noticias

Torpedos

Chefe mal educado

Fui até o escritório das Águas para falar sobre essa água próximo ao posto tigrão,fui mal...

Poucos Preocupados

E um vazamento aqui na rua Canaã que já tem quase 60 dias e eles não vem consertar ligo e eles...

AGUA PROXIMO AO POSTO TIGRÃO

VERGONHOSO ESSA AGUA NUMA VIA PUBLICA. AUTORIDADES, CADE VCS???

Enquete

Você é a favor ou contra o desvio do trajeto original da BR-158 ?

Classificados

Chácara

Cidade: Confresa-MT

Anunciante: Antonio Vale

Valor: 90 mil

TERRENO

Cidade: Confresa

Anunciante: Cassiano

Valor: 50.000

KIT NET

Cidade: PORTO ALEGRE DO NORTE - MT

Anunciante: MÁRCIO OU MÔNICA (LOJA DA OI DO PAN)

Valor: 500,00

Newsletter

Notícias / Geral

21 Abr 2017 - 08:28

'Cafetinas' são presas por exploração sexual no Araguaia

Agência da Notícia com Gazeta Digital

 
Duas mulheres foram presas em Ribeirão Cascalheira (900 km a leste de Cuiabá), acusadas de explorarem a prostituição no município. Crime de rufianismo, conhecido popularmente como o praticado por "cafetões", tira proveito da prostituição alheia.

As suspeitas Maria Conceição de Jesus, 37 e Aldicelia Cohen Neves, 30, foram localizadas nos 2 bares onde funcionavam os locais de prostituição. Cinco mulheres foram encontradas em quartos nos bares, onde eram vendidas bebidas alcoólicas aos clientes.

Segundo a Polícia Militar, o "Bar da Rosi" e o "Bar da Vânia" são pontos de prostituição na cidade. Em um dos bares, policiais encontraram um caderno de anotações, com nomes das mulheres que alugavam os quartos. Máquinas de cartões de crédito foram apreendidas.

As suspeitas foram presas por determinação de mandado de prisão expedido pela juíza Janaína Cristina de Almeida. Pena para o tipo de crime é de reclusão de 1 a 4 anos, e multa.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet