Agência da Notícia

Portal Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 16 de Dezembro de 2017

1 2
:
3 8
:
2 0

Últimas Noticias

Torpedos

Vandalismo

Algum idiota, debilóide, inútil que não tem mais o que fazer resolveu fazer gracinha na última...

Lixo na cidade

A Prefeitura tá de sacanagem com a população da Vila 2000 né, primeiro desde a última segunda feira...

Estrada do guardanapo

Está uma vergonha a estrada entre Espigão do Leste e Canabrava do norte, todo ano a mesma coisa e...

Classificados

Lote

Cidade: Confresa

Anunciante: Jaqueline

Valor: 25.000,00

chacara

Cidade: confresa

Anunciante: Heloisa

Valor: 17.500,00

Terreno

Cidade: Confresa

Anunciante: Aguinaldo

Valor: 55 mil

Newsletter

Notícias / Política

11 Out 2017 - 18:52

Maluf: denúncia "causa estranheza e não traz nenhuma prova"

Agência da Notícia com Mídia News

O deputado Guilherme Maluf (PSDB) disse ter recebido com “estranheza” a denúncia oferecida contra ele pelo Ministério Público Estadual (MPE), pelos crimes de organização criminosa, corrupção passiva e embaraçamento de investigação.
 
A denúncia criminal, protocolada pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco), é desdobramento da Operação Rêmora, deflagrada em 2016 pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) e que apurou um esquema de fraudes em licitação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).
 
A denúncia aponta o deputado como líder e benficiário do esquema.
 
“O deputado estadual Guilherme Maluf disse que recebeu com estranheza a denúncia do MPE, já que durante toda a investigação não foi apresentada nenhuma prova contra ele”, disse o parlamentar, por meio de nota encaminhada à imprensa, na tarde desta quarta-feira (11).
 
O deputado Guilherme Maluf reafirma que não tem envolvimento com qualquer possível irregularidade ocorrida na secretaria de Educação e que confia na justiça, onde provará sua inocência
Maluf também negou as acusações de embaraçamento de investigação e disse que jamais tentou intimidar quaisquer dos acusados no caso em apuração.
 
Segundo ele, qualquer acusação nesse sentido é um argumento utilizado por um dos acusados – dos quais ele não citou nome – para sair da cadeia.
 
O deputado afirmou também que forneceu ao MPE todas as informações solicitadas pelo órgão e disse que continua à disposição para qualquer esclarecimento.
 
“O deputado Guilherme Maluf reafirma que não tem envolvimento com qualquer possível irregularidade ocorrida na secretaria de Educação e que confia na justiça, onde provará sua inocência”, concluiu Maluf.
 
Denúncia
 
Consta na denúncia do MPE que Maluf teve a mesma participação do empresário Alan Malouf na organização criminosa.
 
Ele é acusado de integrar o núcleo de liderança da organização, sendo beneficiário direto de parcela da propina arrecadada.
 
Além disso, o MPE o acusa de se valer das influências políticas proporcionadas pelo cargo para "promover as articulações necessárias para o desenvolvimento dos esquemas voltados para solicitação e recebimento de propinas".
 
Segundo o Ministério Público, as investigações demonstram que Alan, Guilherme e o ex-secretário de Estado de Educação, Permínio Pinto Filho se mantinham “nas sombras”, comandando e agindo por pessoas interpostas que se encontravam nas demais camadas da organização.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet