Agência da Notícia

Portal Mato Grosso de noticias

Agência da Notícia, Terça-feira 17 de Julho de 2018

0 4
:
5 6
:
1 8

Últimas Noticias

Torpedos

Vale do Araguaia

ENTÃO TÁ CHEGADO MAS UMA ELEIÇÃO MAS QUE CHANCE DEMOS PARA O NOSSO ARAGUAIA? CANTIDADO Á...

RESPOSTA AO CIDADÃO

Caro cidadão isso é uma AMBULÂNCIA e não um táxi ou uber... o papel é socorrer vitimas...

PREFEITO DANIEL DO LAGO

Precisei de uma ambulancia para me levar do hospital para casa porque eu não conseguia andar...

Classificados

procuro emprego

Cidade: confresa

Anunciante: josieli Basilio

Valor: A combinar

CASA

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A COMBINAR

CASA OU KITNET

Cidade: Confresa- MT

Anunciante: Mayara Secco

Valor: 750

Newsletter

Notícias / Geral

12 Jan 2018 - 11:09

Salario mínimo teve o menor aumento em 24 anos

O reajuste do salário mínimo ficou abaixo da inflação pelo segundo ano consecutivo.

Agência da Notícia com redação

reprodução

 (Crédito: reprodução)
O índice que pela lei é usado para a correção, o INPC, foi divulgado nesta quarta-feira (10) pelo IBGE e ficou em 2,07% em 2017, acima do reajuste de 1,81% anunciado pelo governo no final do ano passado, que elevou o valor de R$ 937 para R$ 954, o menor aumento em 24 anos.

O Ministério do Planejamento informou que "não está descumprindo a lei que fixa a variação anual do salário mínimo". O governo informou que pretende efetuar a compensação desse valor que está faltando, de R$1,78 no calculo do reajuste de 2019.

O salário mínimo existe desde a década de 1930, mas ele foi oficializado somente no governo de Getúlio e com a assinatura do Decreto-Lei 2.162, no dia 1º de maio de 1940. Dentro do estádio Vasco da Gama e sob os aplausos de mais de 40 mil operários, o presidente Getúlio Vargas firmou o decreto que mudaria para sempre a vida trabalhadora no país. 

A oficialização do salário mínimo se deu na data em que comemoramos o Dia do Trabalho, que no Brasil e em vários países do mundo, 1º de maio aparece como um feriado nacional, dedicado a manifestações reivindicatórias. 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet