Agência da Notícia

Portal Mato Grosso de noticias

Agência da Notícia, Segunda-feira 25 de Junho de 2018

1 4
:
0 6
:
5 5

Últimas Noticias

Torpedos

CICLOVIA

Porto Alegre tem um alto numero de ciclistas que trafegam na avenida... isso é perigoso, poderia...

DENUNCIA CRIME AMBIENTAL

Venho por meio deste denunciar o crime ambiental que vem ocorrendo no córrego cacau onde ocorre a...

crime ambiental

Quero aqui denunciar um crime ambiental que vem acontecendo no "RIO CACAU", tem uma draga de areia...

Classificados

terra

Cidade: vila rica

Anunciante: idete

Valor: acobina

aluga casa

Cidade: confresa

Anunciante: luana lopes

Valor: ate 800

terreno

Cidade: confresa

Anunciante: Evandro

Valor: a combinar

Newsletter

Notícias / Esporte

13 Mar 2018 - 15:31

Centurión revela saudade do São Paulo e lamenta saída do clube

Atacante argentino elogiou a estrutura, o ambiente no clube tricolor e creditou o fracasso com a camisa são-paulina a problemas com a namorada

R7/Esportes

Muitos torcedores do São Paulo ainda se lembram do atacante Centurión, um argentino que chegou ao clube com status de aposta, em 2015. Pois o jogador revelou ter saudades dos tempos de tricolor e creditou o baixo rendimento em campo a problemas pessoais.

A forma de contratação do atleta — comprado por R$ 13 milhões com auxílio do empresário Vinícius Pinotti, que se tornaria diretor de futebol do São Paulo — recebeu críticas, mas a torcida depositava esperanças no talento do atacante.

Centurión, que tinha contrato com o time paulista até 2019, chegou a marcar gols no Paulistão e na Copa Libertadores de 2015, mas não vingou e foi negociado com o Boca Juniors depois de uma temporada, sem deixar saudades.

Hoje, aos 25 anos, de volta ao Racing-ARG, agremiação onde iniciou a carreira, o jogador revelou ter saudade dos tempos de São Paulo e não economizou elogios ao clube.

“No Brasil, quando cheguei, estava tudo bem. Depois, tive um problema pessoal com a minha namorada e não tinha a cabeça focada no futebol. O São Paulo é um clube do c***. Tinha só que me dedicar, treinar e jogar futebol. O resto, você tinha tudo”, contou o jogador em entrevista à Perform.

O atleta também lembrou com carinho dos jogadores com quem atuou no São Paulo. “Os companheiros de clube eram excelentes. Joguei com os melhores. Tinha Rogério Ceni no gol, Denílson, Michel Bastos, Alexandre Pato, Luis Fabiano. Tinha um timaço”, enfatizou.

Centurión citou ainda o apoio que recebeu do treinador e compatriota Edgardo Bauza durante a sua passagem pelo Morumbi.
“Também tive a sorte de conhecer Patón Bauza. Um grande cara. Para mim, ele será sempre o melhor. Ele me ajudou muito, justo no momento que era quase o pior da minha carreira. Ele me deu um ajuda incrível e essas coisas você valoriza”, finalizou o atacante.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet