Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 18 de Dezembro de 2018

1 9
:
1 6
:
2 4

Últimas Noticias

Torpedos

Cidadão revoltado

Já passou da hora da prefeitura de Confresa se pronunciar quanto à ÁGUAS DE CONFRESA pelo...

lucas do Pan

Ola gente vamos ver se o novo governo do MT vai construir o nosso hospital aqui no pan. OU É SÓ...

ONDA DE FURTOS

Pessoal já está mais que na hora de pegar esses meliantes que andam roubando em nossa cidade, já...

Enquete

Na sua opinião, o novo presidente eleito Jair Bolsonaro deve manter o novo ou o antigo traçado da BR-158?

Campanha Publicitária

Classificados

Motoserra

Cidade: confresa

Anunciante: Maysla santos

Valor: 3.200

CASA

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A COMBINAR

casa - setor Santa Luzia

Cidade: Confresa

Anunciante: Ana Paula

Valor: a combinar

Notícias / Polícia

16 Abr 2018 - 07:51 | Atualizado em 16 Abr 2018 - 08:14

Foragido do Tocantins há 17 anos é preso pela Polícia Civil em Vila Rica

O crime foi praticado em Formoso do Araguaia, Estado do Tocantins.

Redação | Agência da Notícia

Agência da Notícia/Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia/Reprodução)

Publicidade

Um homem foragido há 17 anos do Estado do Tocantins (TO) foi preso pela Polícia Judiciária Civil do município de Vila Rica, na sexta-feira (13.04). Luquinha Filho Freitas Lima, estava com o mandado de prisão expedido pelo crime de estupro de vulnerável. Ele tamém foi autuado em flagrante por posse ilegal de arma de fogo e munições.

O crime foi praticado em Formoso do Araguaia, Estado do Tocantins. A vítima foi a sobrinha do autor, que na época tinha 12 anos. Após os fatos, o suspeito fugiu e não mais foi encontrado.

O procurado foi localizado pelos policiais civis de Vila Rica, após denúncia sobre o seu paradeiro, escondido na região nordeste do Estado de Mato Grosso.

Conforme o delegado de polícia, Renato Resende do Nascimento, segundo informações repassadas pela própria vítima, o foragido estava em uma fazenda situada a 100 quilômetros do município de Vila Rica.

Diante das informações,  os policiais civis realizaram planejamento e com o mandado de prisão em mãos,  foram até a propriedade rural denominada Fazenda São João, localizada numa região de difícil acesso.

“Para efetuar a prisão de Luquinha, a equipe percorreu 100 quilômetros em estrada de chão, e ainda não mediram esforços para caminhar no mato, mais 10 km, pois o local não permite o acesso de veículos”, contou o delegado Renato.

No momento da abordagem, Luquinha estava na posse de uma espingarda calibre 28, com seis cartuchos intactos. Além do mandado de prisão cumprido, ele foi autuado em flagrante delito por posse ilegal de arma de fogo e munições.

“O êxito da ação foi resultado da dedicação e empenho dos policiais civis de Vila Rica, que não mediram esforços no cumprimento da função. A equipe vem realizando excelentes trabalhos, sempre na sua missão de defender a sociedade e trazer a melhor prestação de serviço a segurança pública”, enalteceu o delegado Renato Resende.

Inserir comentário

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Luis Gustavo, em 16 Abr 2018 às 15:03

    Demorou só 17 anos ? Nossa, como nossa polícia é eficiente. Se brincar esse crime já deve estar até prescrito.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet