Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sexta-feira 19 de Abril de 2019

0 3
:
2 4
:
5 4

Últimas Noticias

Torpedos

Baiano

O que Dr Eugênio em três meses de mandato já fez o que o baiano filho em 4 ano fez

praça do camilão

VENHO PEDIR AOS ÓRGÃO RESPONSÁVEL PELA PRAÇA DO CAMILÃO. O DESCASO QUE ELA SE ENCONTRA. O ÚNICO...

DESCASO PUBLICO

Caros amigos eleitores do baixo e norte Araguaia, enquanto não houver um conjunto de prefeitos para...

Enquete

Na sua opinião, quais são as prioridades para o Município de Confresa MT .

Classificados

Vendo ágio do lote com casa apenas levantada as paredes para assumir parcelas de 340.

Cidade: Confresa

Anunciante: Jaime Borges

Valor: 15.000.00

Rodistar agressiva 6800wats

Cidade: confresa MT

Anunciante: Marcos dione de souza

Valor: 500,00

Procura-se casa para alugar

Cidade: Confresa

Anunciante: Morgana

Valor: 600,00

Notícias / Polícia

16 Abr 2018 - 09:32

Pecuarista é encontrado morto amarrado em árvore em MT

Crime aconteceu no domingo; suspeita é de que ele tenha sido executado por denunciar abates

Mídia News

Publicidade

Publicidade

Um pecuarista identificado como Elói Pereira Duarte, de 77 anos, foi encontrado morto na madrugada de domingo (15), amarrado em uma árvore, nos fundos de uma fazenda, em Poxoréu (251 km de Cuiabá).
 
Conforme a Polícia Civil, o corpo da vítima foi encontrado por volta de 1h, com diversas marcas na cabeça. Ele criava gado no local há mais de 20 anos. 
 
Testemunhas relataram que Elói havia denunciado recentemente que estava havendo abate clandestino de gado em sua propriedade, o que familiares acreditam que pode ter sido o motivo do homicídio.
 
A suspeita é de que o pecuarista tenha chegado ao local no momento em que os criminosos estavam abatendo os animais e que por isso tenha sido executado.
 
Os policiais ainda fizeram rondas em buscas de suspeitos, mas ninguém foi encontrado.
 
Apesar das suspeitas, a Polícia Civil vai instaurar um inquérito para investigar o crime.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet