Agência da Notícia

Portal Mato Grosso de noticias

Agência da Notícia, Segunda-feira 25 de Junho de 2018

1 4
:
2 5
:
2 2

Últimas Noticias

Torpedos

CICLOVIA

Porto Alegre tem um alto numero de ciclistas que trafegam na avenida... isso é perigoso, poderia...

DENUNCIA CRIME AMBIENTAL

Venho por meio deste denunciar o crime ambiental que vem ocorrendo no córrego cacau onde ocorre a...

crime ambiental

Quero aqui denunciar um crime ambiental que vem acontecendo no "RIO CACAU", tem uma draga de areia...

Classificados

terra

Cidade: vila rica

Anunciante: idete

Valor: acobina

aluga casa

Cidade: confresa

Anunciante: luana lopes

Valor: ate 800

terreno

Cidade: confresa

Anunciante: Evandro

Valor: a combinar

Newsletter

Notícias / Geral

13 Jun 2018 - 08:30

​CPI dos Maus-Tratos vai investigar caso de bebê indígena enterrada viva, afirma Medeiros

Medeiros é relator da CPI dos Maus-Tratos de adolescentes e crianças em todo o país, Magno Malta é o presidente.

Redação

Agência da Notícia/Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia/Reprodução)
Brasília– O senador José Medeiros (Pode-MT) afirmou que a CPI dos Maus-Tratos vai realizar diligência nos próximos dias em Cuiabá, para investigar o caso de bebê indígena enterrada viva.“Estamos diante de um tremendo absurdo! Um fato lamentável e que não ficará impune por esta CPI. Essa e outras denúncias serão investigadas por mim e pelo senador Magno Malta, na diligência que faremos em Mato Grosso”, afirmou.

Segundo as informações da imprensa, a indiazinha foi resgatada e sobreviveu após ficar enterrada seis horas, mas ainda vive um estado grave de saúde, internada na UTI da Santa Casa de Cuiabá. Segundo a polícia, bisavó e avó, que estão presas, premeditaram e planejaram enterrar a criança. Elas não aceitavam a bebê por ser filha de mãe solteira e pai de outra etnia. O Ministério Público Estadual(MPE) já denunciou elas por tentativa de homicídio.

Medeiros é relator da CPI dos Maus-Tratos de adolescentes e crianças em todo o país, Magno Malta é o presidente. “Todos os dias chegam as mais diversas denúncias aos canais de comunicação e redes sociais do Senado Federal. Estamos num intenso trabalho de punir todos os culpados por maus-tratos. A nossa máxima é criança nasceu para ser amada, e não para ser abusada. Essa é a nossa luta!”, enfatizouJosé Medeiros.

Os trabalhos da comissão foram prorrogados até 18 de agosto de 2018, onde deverá ser lido o relatório do senador de Mato Grosso. O caso da indiazinhaaconteceu em Canarana, município mato-grossense a 838 quilômetros da capital.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet