Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Fevereiro de 2019

1 8
:
0 2
:
1 8

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Campanha Publicitária

Classificados

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

PRECISANDO DE DINHEIRO?

Cidade: Confresa

Anunciante: Empréstimo Consignado e Crédito Pessoal

Valor: Qualquer valor que desejar

Notícias / Geral

13 Jun 2018 - 09:21

Greve dos caminhoneiros custará R$ 15 bilhões para a economia

Agência Brasil

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Publicidade

Os dez dias de greve dos caminhoneiros custarão R$ 15 bilhões para a economia, o equivalente a 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB, soma das riquezas produzidas no país), informou hoje (12) o Ministério da Fazenda. De acordo com a pasta, o ministro Eduardo Guardia repassou a estimativa ontem (11) em reunião com investidores em São Paulo.

Por causa da paralisação, a previsão oficial de 2,5% de crescimento do PIB para este ano poderá ser revista para baixo. O número só será divulgado no fim de julho, e o ministro não informou mais detalhes.

Na última edição do boletim Focus, pesquisa com instituições financeiras divulgada todas as semanas pelo Banco Central, os analistas de mercado estimavam que a economia crescerá apenas 1,94% em 2018. Essa foi a sexta semana consecutiva de queda nas projeções. Há um mês, a projeção estava em 2,51%.

O ministro não informou o impacto que a greve dos caminhoneiros terá sobre a inflação, por causa da escassez de alimentos e da alta temporária do preço dos combustíveis provocadas pela paralisação. Segundo o boletim Focus, a previsão das instituições financeiras para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) passou de 3,65% para 3,82% em 2018. As projeções do Ministério da Fazenda para a inflação também só serão divulgadas no fim de julho.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet