Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 19 de Setembro de 2018

1 8
:
1 7
:
1 1

Últimas Noticias

Torpedos

Resposta ao Sr Lásaro

Discordo totalmente do que escreveu Sr Lásaro. A Polícia Militar, Conselho Tutelar e TJMT são...

Abandono TJMT/ e CONSELHO TUTELAR, E OUTROS

Vejo não só adolescentes, mais também as crianças abandonadas em PAN e CONFRESA-MT, até mesmo do...

Tráfico de drogas

Em atenção aos comentário feito pelo "Majestoso", viemos por meio deste informar que o NPM Luciara...

Classificados

Sítio

Cidade: Novo São Joaquim

Anunciante: Fernando nunes parreira

Valor: 165.000

CrossFox

Cidade: Vila Rica

Anunciante: Ferreira

Valor: 30.000

Deposito - Centro - 100²

Cidade: Confresa

Anunciante: LEONARDO

Valor: A Combinar

Newsletter

Notícias / Política

10 Jul 2018 - 09:01

Tucano prevê disputa acirrada e polarização entre Taques e Mauro

“Mas não podemos desmerecer o trabalho do senador Wellington Fagundes”

Midianews

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)
O presidente do PSDB em Mato Grosso, Paulo Borges, disse acreditar numa polarização entre o governador Pedro Taques (PSDB) e o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), na disputa ao Palácio Paiaguás.

“Eu acredito que vai ser uma eleição muito equilibrada. No meu ponto de vista, deve se polarizar mais entre o Pedro Taques e o ex-prefeito Mauro. Penso que essa eleição vai ser muito acirrada. As pesquisas já mostram isso”, disse o tucano.

Pesquisa divulgada pelo instituto Voice Pesquisas, por exemplo, mostraram que Mauro lidera a corrida ao Paiaguás, com 19,5% na modalidade estimulada, seguido pelo governador Pedro Taques (PSDB), com 16,1% das intenções.

Apesar de acreditar na polarização entre Taques e Mauro, não podemos desmerecer jamais o trabalho do senador Wellington

Paulo Borges observou ainda que não se pode desconsiderar o senador e também pré-candidato Wellington Fagundes (PR), que nesta mesma pesquisa obteve 11.5% das intenções de voto, ocupando o terceiro lugar.

 “Penso que o lançamento de vários nomes valoriza a democracia, porque vai dar oportunidade de as pessoas conhecerem quem é quem dos candidatos. Cada um vai mostrar o que fez e o que pode fazer”.

Segundo o dirigente, o grupo do governador Pedro Taques terá que ter muita tranquilidade.

 “A eleição será cabeça a cabeça. Será difícil. E até em função disso, estamos conversando com todos os partidos, mantendo conversas. Não vamos fechar portas”, afirmou.

 “O convencimento é até as vésperas da convenção e estaremos montando uma chapa extremamente competitiva para disputar de igual por igual com os outros candidatos”, concluiu.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet