Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 19 de Setembro de 2018

1 7
:
5 9
:
0 1

Últimas Noticias

Torpedos

Resposta ao Sr Lásaro

Discordo totalmente do que escreveu Sr Lásaro. A Polícia Militar, Conselho Tutelar e TJMT são...

Abandono TJMT/ e CONSELHO TUTELAR, E OUTROS

Vejo não só adolescentes, mais também as crianças abandonadas em PAN e CONFRESA-MT, até mesmo do...

Tráfico de drogas

Em atenção aos comentário feito pelo "Majestoso", viemos por meio deste informar que o NPM Luciara...

Classificados

Sítio

Cidade: Novo São Joaquim

Anunciante: Fernando nunes parreira

Valor: 165.000

CrossFox

Cidade: Vila Rica

Anunciante: Ferreira

Valor: 30.000

Deposito - Centro - 100²

Cidade: Confresa

Anunciante: LEONARDO

Valor: A Combinar

Newsletter

Notícias / Geral

11 Jul 2018 - 08:18

São José do Xingu é a 3ª cidade do estado com melhor índice na geração de emprego e renda

O IFDM 2018 monitorou os indicadores sociais em 5.471 municípios, onde vivem 99,5% da população brasileira

Redação | Agência da Notícia

Agência da Notícia/Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia/Reprodução)
São José do Xingu é a 3ª posição estadual no quesito “geração de emprego e renda” do índice de desenvolvimento municipal, divulgado esta semana, pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro(Firjan).
São José do Xingu ficou em 3º no ranking estadual e em 41º no nacional o que eleva muito o nível da cidade depois da administração do novo prefeito Luiz Castelo e sua equipe que trabalharam para que isso acontecesse.

Tangará da Serra (54º no Brasil), Campo Novo do Parecis (70º), Sinop (72º), Campo Verde (93º), Lucas do Rio Verde (117º), Porto dos Gaúchos (127º) e Campos de Júlio (132º) completam a lista das dez mais desenvolvidas nesta área no Estado sendo que São José do Xingu ficou acima de todas essas.

Lucas do Rio Verde, Cuiabá, Diamantino, Sorriso, Campo Novo do Parecis, Sinop, Campo Verde, Nova Mutum, Rondonópolis e Primavera do Leste são as dez cidades mais desenvolvidas de Mato Grosso, conforme o índice Firjan.

Sinop ficou no 6º lugar estadual e 368º nacional, com índice de 0,8064. Campo Verde, que teve pontuação de 0,8032, chegou à 7ª posição no Estado e 392º, no país. Em Mato Grosso, Nova Mutum ficou em 8º, com índice de 0,8006. No Brasil, a cidade é a 425ª mais desenvolvida.

Rondonópolis, com índice de 0,8004, e Primavera do Leste, com 0,7936, completam o ranking nacional. Ainda conforme o índice Firjan, as cidades mato-grossenses são as 430ª e 506ª mais desenvolvidas do país, respectivamente.

Nove, das dez cidades mais bem ranqueadas em Mato Grosso, atingiram a faixa máxima de desenvolvimento (apenas Primavera ficou de fora). Isso porque o estudo divide os resultados em quatro categorias: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), desenvolvimento regular (0,4 a 0,5), desenvolvimento moderado (de 0,6 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8 a 1). 

O IFDM 2018 monitorou os indicadores sociais em 5.471 municípios, onde vivem 99,5% da população brasileira. No Brasil, o índice voltou a crescer em 2016, depois de dois anos de quedas consecutivas. O indicador fechou em 0,6678, abaixo do 0,6715 registrado em 2013.

O índice adota uma escala de avaliação que vai de 0 a 1 - quanto mais próximo de 1 maior o desenvolvimento do município.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet