Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 14 de Outubro de 2019

0 7
:
2 6
:
2 2

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Polícia

3 Abr 2014 - 08:55

Polícia Civil prende bando que roubava e adulterava veículos

Policiais civis prenderam sete pessoas acusadas de participar de um esquema de roubo e clonagem de veículos.

Agência da Notícia com Mídia News

Publicidade

 Policiais civis prenderam sete pessoas acusadas de participar de um esquema de roubo e clonagem de veículos.

Dos sete presos, três estão em presídios da Grande Cuiabá. São eles: Paulo Henrique Manso da Luz, preso em Jaciara, Wilson Oliveira de Jesus, o "Bob", Lucas Mesquita dos Santos, localizado no Jardim Itororó, e Welton Pereira Rodrigues Júnior, no Jardim Imperial, em Várzea Grande.

Os policiais também cumpriram ordem de prisão preventiva decretada contra Juliano da Silva Delgado, preso na Penitenciária Central do Estado, Edson Luiz dos Santos e Jadson Moraes Dias, ambos na Cadeia Pública do Capão Grande, em Várzea Grande.

Segundo o delegado Antonio Carlos Garcia, titular da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos da Capital, o esquema funcionava há cerca de dois anos, período em que foram roubados mais de 50 veículos – entre motocicletas e automóveis -, principalmente picapes importadas.

“Foram roubados automóveis e motocicletas, que tinham a documentação esquentada eram revendidos para receptadores”, disse Garcia.

As investigações apontam que o esquema era chefiado por Wilson Oliveira de Jesus, acusado de roubar e fazer contados com os demais. Junto com ele, agia Edson Santos, apontado como responsável pela falsificação da documentação, que permitia a revenda.

O primeiro roubo ocorreu no dia 3 de dezembro de 2012, durante um assalto a uma residência no bairro Parque Cuiabá, na Capital, onde foi roubada uma picape Pajero.

A partir daí, os policiais descobriram que a organização criminosa tinha uma ramificação maior.

Welton e Jadson estão atrás das grades desde abril do ano passado, acusados do roubo de uma picape L 200, no bairro Costa Verde, em Várzea Grande.

Garcia destacou que, a partir da prisão da dupla, é que foram solicitadas as prisões dos demais integrantes do bando, sendo que um já estava preso.

Roubo e extorsão

“Até então, não havia a configuração da formação de quadrilha”, observou.

“É uma quadrilha que fazia o ciclo completo. Roubava, fazia a extorsão para devolver o veículo para vítima ou então o adulterava para revender como se fosse ‘finan’, mas já com a placa clonada e documento falso do veículo”, explicou Garcia.

Segundo o delegado, a ação policial foi chamada de “Astra”, em alusão ao líder da quadrilha ser proprietário do “Lava Jato Astra”, localizado no bairro 7 de Maio, em Várzea Grande.

 
Sitevip Internet