Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Setembro de 2018

0 3
:
3 9
:
1 9

Últimas Noticias

Torpedos

Resposta ao Sr Lásaro

Discordo totalmente do que escreveu Sr Lásaro. A Polícia Militar, Conselho Tutelar e TJMT são...

Abandono TJMT/ e CONSELHO TUTELAR, E OUTROS

Vejo não só adolescentes, mais também as crianças abandonadas em PAN e CONFRESA-MT, até mesmo do...

Tráfico de drogas

Em atenção aos comentário feito pelo "Majestoso", viemos por meio deste informar que o NPM Luciara...

Classificados

Sítio

Cidade: Novo São Joaquim

Anunciante: Fernando nunes parreira

Valor: 165.000

CrossFox

Cidade: Vila Rica

Anunciante: Ferreira

Valor: 30.000

Deposito - Centro - 100²

Cidade: Confresa

Anunciante: LEONARDO

Valor: A Combinar

Newsletter

Notícias / Geral

14 Set 2018 - 10:09

Perícia diz que Maggi não apagou mensagens de celular

Advogado Fábio Galindo diz que fato é gravíssimo e que espera investigação da PGR

Redação

A defesa do ministro da Agricultura, Blairo Maggi, protocolou nesta quinta-feira (13) no Supremo Tribunal Federal uma perícia complementar atestando tecnicamente que ele não apagou mensagens de seu celular, após a deflagração da Operação Malebolge, em 2017.

O documento, assinado por quatro peritos do Instituto Brasileiro de Peritos, aponta que Maggi não tinha instalado em seus dispositivos a ferramenta conhecida como “WhatsApp Web Desktop”, única forma de apagar mensagens remotamente.
 
Ou seja, as mensagens foram apagadas depois da apreensão do aparelho, já em posse da Polícia Federal.
 
Segundo o advogado Fábio Galindo, o fato é gravíssimo e merece imediata apuração, pois o caso revela possível "erro de procedimentos ou prova forjada".
 
“Acredito que a Procuradoria-Geral da República (...) vai instaurar a competente investigação e apurar a autoria e circunstâncias desse gravíssimo fato. Um fato dessa natureza inegavelmente coloca em xeque a investigação, sendo fundamental que se esclareça rapidamente o ocorrido”, afirmou o advogado.
 
Desde o princípio, o ministro rechaçou a acusação, tendo disponibilizado seu aparelho e todas as senhas às autoridades competentes.
 
“A Perícia mostra o que sempre declarei. Agora espero que a Justiça tome as devidas providências, apure e responsabilize a quem for pela falsa acusação que me foi imputada”, disse o ministro.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet