Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Fevereiro de 2019

1 8
:
2 0
:
1 4

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Campanha Publicitária

Classificados

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

PRECISANDO DE DINHEIRO?

Cidade: Confresa

Anunciante: Empréstimo Consignado e Crédito Pessoal

Valor: Qualquer valor que desejar

Notícias / Polícia

11 Out 2018 - 10:25

Homem é acusado de estuprar a enteada de 11 anos em MT

Crime ocorreu no dia 3, quando a menina retornou da escola e se preparava para tomar banho

Redação

Publicidade

Publicidade

Um homem acusado de estupro de vulnerável contra a enteada de 11 anos de idade foi preso pela Polícia Civil de Aripuanã (1.002 km a Noroeste).
 
A prisão de J.C.R, 42, se deu em cumprimento a mandado de prisão preventiva deferido pelo Judiciário, com parecer do Ministério Público, após representação do delegado da Alexandre da Silva Nazareth.
 
O crime ocorreu em 03 de outubro, quando a menina retornou da escola e se preparava para tomar banho quando percebeu que o padrasto havia trancado as portas da casa e foi em direção a ela.
 
Ameaçando a vítima de morte com uma faca, o suspeito a levou a um dos quartos e cometeu os abusos. No dia seguinte, após a saída da mãe da menor para o trabalho, ele praticou os mesmos atos.
 
Mesmo assustada, a menina conseguiu contar a mãe sobre o ocorrido. A mulher procurou a delegacia e denunciou seu companheiro.
 
A vítima foi submetida a exame de corpo de delito que constatou lesões recentes em sua genitália.
 
“O agente valeu-se de sórdido modus operandi para subjugar sua enteada a prática de atos diversos da conjunção carnal, aproveitando-se da relação de confiança estabelecida pelo parentesco, do silêncio da vítima urdido através de ameaças levianas da perda de entes queridos, das ausências imprescindíveis da mãe que trabalha fora de casa, demonstrando, portanto, extremada periculosidade social a ser combatida pela restrição cautelar da liberdade”, explicou o delegado Alexandre da Silva Nazareth em representação pela prisão do suspeito.
 
Após os procedimentos de praxe na delegacia, o preso foi encaminhado para a Cadeia Pública de Aripuanã, ficando à disposição do Judiciário.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet