Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Junho de 2019

0 0
:
3 6
:
2 9

Últimas Noticias

Torpedos

CORPO DE BOMBEIRO

GOSTARIA de uma materia, explicando por o corpo de bombeiro proibiou a festa juninas na escolas

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Agronegócio

2 Jan 2019 - 15:30

Flores podem "ouvir" insetos

O estudo mostra que sons polinizadores e sons sintéticos em frequências semelhantes fazem as pétalas vibrarem

AGROLINK

Publicidade

Uma pesquisa israelense descobriu que as flores da prímula distribuem o seu pólen e aumentam a concentração de açúcar em seu néctar dentro de três minutos após "ouvir" o som das abelhas e das mariposas. De acordo com o jornal Haaretz os pesquisadores dizem que a descoberta pode ter um impacto na compreensão da evolução das flores e insetos. 


As descobertas sugerem que as plantas também são afetadas por outros sons, incluindo aqueles produzidos pelo homem, que podem prejudicar a capacidade das flores e abelhas se comunicarem. Desse modo, alguns cientistas sugerem até que o uso de determinados sons pode estimular um crescimento mais agudo em determinados tipos de plantas. 

O estudo mostra que sons polinizadores e sons sintéticos em frequências semelhantes fazem as pétalas vibrarem e provocarem uma resposta rápida, aumentando a concentração de açúcar no néctar. Nesse cenário, essa seria mais uma prova de que as plantas reagem com o meio ambiente de uma forma muito maior do que se imaginava até pouco tempo atrás. 

Em um de seus experimentos, os pesquisadores envolveram as flores em vidro que estavam totalmente sem som e depois expuseram a planta aos sons dos seus respectivos polinizadores. Depois de fazer os experimentos, os cientistas disseram que, ao serem expostas a ausência de som, não houve aumento na concentração de açúcar no néctar. Segundo os cientistas, estudos posteriores podem revelar que as plantas podem ouvir e responder a herbívoros, outros animais, fatores naturais e possivelmente outras plantas.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet