Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 16 de Janeiro de 2019

2 3
:
0 1
:
2 9

Últimas Noticias

Torpedos

Cidadão revoltado

Já passou da hora da prefeitura de Confresa se pronunciar quanto à ÁGUAS DE CONFRESA pelo...

lucas do Pan

Ola gente vamos ver se o novo governo do MT vai construir o nosso hospital aqui no pan. OU É SÓ...

ONDA DE FURTOS

Pessoal já está mais que na hora de pegar esses meliantes que andam roubando em nossa cidade, já...

Campanha Publicitária

Classificados

Lote

Cidade: Confresa

Anunciante: Leandro

Valor: 18.000,000

saveiro g2

Cidade: confresa

Anunciante: Lucas

Valor: 6.000

Kitnet

Cidade: Confresa mt

Anunciante: Verônica Nascimento

Valor: A combinar

Notícias / Agronegócio

2 Jan 2019 - 15:30

Flores podem "ouvir" insetos

O estudo mostra que sons polinizadores e sons sintéticos em frequências semelhantes fazem as pétalas vibrarem

AGROLINK

Publicidade

Publicidade

Uma pesquisa israelense descobriu que as flores da prímula distribuem o seu pólen e aumentam a concentração de açúcar em seu néctar dentro de três minutos após "ouvir" o som das abelhas e das mariposas. De acordo com o jornal Haaretz os pesquisadores dizem que a descoberta pode ter um impacto na compreensão da evolução das flores e insetos. 


As descobertas sugerem que as plantas também são afetadas por outros sons, incluindo aqueles produzidos pelo homem, que podem prejudicar a capacidade das flores e abelhas se comunicarem. Desse modo, alguns cientistas sugerem até que o uso de determinados sons pode estimular um crescimento mais agudo em determinados tipos de plantas. 

O estudo mostra que sons polinizadores e sons sintéticos em frequências semelhantes fazem as pétalas vibrarem e provocarem uma resposta rápida, aumentando a concentração de açúcar no néctar. Nesse cenário, essa seria mais uma prova de que as plantas reagem com o meio ambiente de uma forma muito maior do que se imaginava até pouco tempo atrás. 

Em um de seus experimentos, os pesquisadores envolveram as flores em vidro que estavam totalmente sem som e depois expuseram a planta aos sons dos seus respectivos polinizadores. Depois de fazer os experimentos, os cientistas disseram que, ao serem expostas a ausência de som, não houve aumento na concentração de açúcar no néctar. Segundo os cientistas, estudos posteriores podem revelar que as plantas podem ouvir e responder a herbívoros, outros animais, fatores naturais e possivelmente outras plantas.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet