Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Quinta-feira 20 de Junho de 2019

Publicidade
0 0
:
4 9
:
5 8

Últimas Noticias

Torpedos

CORPO DE BOMBEIRO

GOSTARIA de uma materia, explicando por o corpo de bombeiro proibiou a festa juninas na escolas

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Agronegócio

4 Jan 2019 - 09:19

Projeto susta norma que proíbe recursos controlados em assistência técnica rural

Autor da proposta afirma que esses recursos respondem pela maior parcela dos valores colocados à disposição do financiamento da atividade agrícola

MidiaNews

Publicidade

Autor da proposta, o deputado Zé Silva (SD-MG) afirma que esses recursos respondem pela maior parcela dos valores colocados à disposição do financiamento da atividade agrícola. A resolução do CMN, segundo ele, praticamente inviabiliza o financiamento da assistência técnica rural.

A resolução alterou o Manual de Crédito Rural(MCR), que reúne as normas aprovadas pelo CMN. Conforme a Lei do Crédito Rural (4.829/65), cabe ao conselho disciplinar as linhas de financiamento voltadas ao campo, enquanto o Banco Central é responsável por atuar como órgão de controle do sistema de crédito rural.

De acordo com o artigo 4º da Resolução 4.666/18, entre os custos que não poderão receber recursos das linhas oficiais, estão estudo técnico (plano ou projeto), avaliação, exame de escrita, perícia não vinculados ao Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) e vistoria prévia.

Tramitação
O projeto será analisado incialmente pelas comissões de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário da Câmara.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet