Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 20 de Janeiro de 2019

0 9
:
1 8
:
2 8

Últimas Noticias

Torpedos

Cidadão revoltado

Já passou da hora da prefeitura de Confresa se pronunciar quanto à ÁGUAS DE CONFRESA pelo...

lucas do Pan

Ola gente vamos ver se o novo governo do MT vai construir o nosso hospital aqui no pan. OU É SÓ...

ONDA DE FURTOS

Pessoal já está mais que na hora de pegar esses meliantes que andam roubando em nossa cidade, já...

Classificados

Lote

Cidade: Confresa

Anunciante: Leandro

Valor: 18.000,000

saveiro g2

Cidade: confresa

Anunciante: Lucas

Valor: 6.000

Kitnet

Cidade: Confresa mt

Anunciante: Verônica Nascimento

Valor: A combinar

Notícias / Política

8 Jan 2019 - 16:07

Mendes: todos receberão ao menos parte de salário no mesmo dia

Governador se incomodou em não pagar nenhuma parcela a parte dos servidores no mês de janeiro

MidiaNews

Publicidade

Publicidade

O governador Mauro Mendes (DEM) determinou que todos os servidores públicos recebam ao menos parte de seus salários no mesmo dia caso o Executivo volte a escalonar os salários nos próximos meses.
 
Isso porque o escalonamento imposto pelo democrata neste mês ocorre em três etapas e por faixa salarial. Os mais altos salários serão pagos somente ao final de janeiro.
 
Para Mendes, é preciso que todos recebam uma parcela de seus salários.
 
“No próximo mês, se nosso sistema permitir, se nossos técnicos conseguirem fazer essa alteração, vamos mudar e fazer um pagamento por faixa em que todos os mais de 100 mil servidores vão receber um valor, de acordo com o que o caixa permitir”, disse o governador.
 
Desta forma, se o salário do servidor for R$ 3 mil e o teto do parcelamento for este, ele receberá o valor integral. Já os funcionários com valores maiores, recebem este valor e o complemento assim que houver caixa.
 
 
No próximo mês, se nosso sistema permitir, se nossos técnicos conseguirem fazer essa alteração, vamos mudar e fazer um pagamento
Segundo o governador, não houve tempo suficiente para que isso fosse feito ainda este mês.
 
O secretário de Fazenda Rogério Gallo disse que o objetivo é que não haja a necessidade de novos escalonamentos.
 
“O governador Mauro se incomodou com o fato de não pagar nenhuma parcela a uma parte dos servidores. Então, se o escalonamento for feito, que seja pagando uma parcela possível a todos os servidores. Aí, todos receberiam e não ficariam com esse problema no fluxo de caixa doméstico”, disse.
 
“Nós esperamos que no menor tempo possível resolver isso, e quero tranquilizar, na medida do possível, os servidores, porque estamos trabalhando com muito afinco”, afirmou.
 
Escalonamento de janeiro
 
Na última sexta-feira (04), o governador Mauro Mendes (DEM) anunciou o escalonamento dos salários dos servidores e o parcelamento do 13º.
 
O pagamento dos salários de dezembro de 2018 de todos os servidores inativos, e ativos que recebem até R$ 4.000 e seus pensionistas acontece no dia 10 de janeiro; servidores com vencimentos de até R$ 6.000 receberão dia 24 de janeiro; e os demais terão os salários pagos no dia 30.
 
Já os valores do décimo terceiro salário, remanescentes de 2018, serão pagos em quatro parcelas, previstas para os dias 31 de janeiro, 28 de fevereiro, 31 de março, e 30 de abril de 2019. Os décimos do ano de 2019 serão pagos no mês de dezembro aos servidores, não mais no mês de aniversário.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet