Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 19 de Fevereiro de 2019

Publicidade
1 7
:
5 1
:
5 3

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Campanha Publicitária

Classificados

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

PRECISANDO DE DINHEIRO?

Cidade: Confresa

Anunciante: Empréstimo Consignado e Crédito Pessoal

Valor: Qualquer valor que desejar

Notícias / Agronegócio

24 Jan 2019 - 09:05

Agricultores de MT colhem soja de olho em plantio do algodão

Produção do grão deve ser menor no estado, enquanto área plantada com a pluma deve crescer e mais de 60% da colheita prevista já foi vendida antecipadamente

Portal do Agronegócio

Publicidade

Publicidade

Em Mato Grosso, maior produtor de soja, agricultores estão fazendo a colheita do grão já de olho em outra cultura: o algodão. O estado deve colher cerca de 32,5 milhões de toneladas de soja, contra 32,4 milhões no ano passado.

 

Na propriedade gerida por Volnei Leite, em Primavera do Leste, são 5 mil hectares de soja e a colheita deve terminar no início do mês que vem. A previsão, que era de colher 65 sacas do grão por hectare, baixou um pouco depois de um período de estiagem.

 

"É um período de torcida para que as áreas que ainda vão ser colhidas não tenham sofrido tanto com essa seca. E que a gente consiga colher bem, acima dos 65, 70 sacos por hectare", diz.

 

O agricultor José Carlos Dolphine, em Campo verde, espera colher 110 arrobas de plumas de algodão em cada um dos 1,2 mil hectares plantados. E uma boa parte da safra já foi comercializada.

 

"A gente trabalhou com uma comercialização na casa dos 60% do algodão que a gente vai produzir. E um preço médio em torno de US$ 22 por arroba", conta.

 

A realidade no estado é parecida. Segundo o Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária, até agora, 66% da produção prevista para o estado já foi negociada, cerca de 3% mais que no mesmo período da safra passada.

 

A previsão é de crescimento de 18% na área de cultivo de algodão nesta safra. "A gente decidiu aumentar um pouco a área de algodão por conta do mercado de milho, que estava muito ruim na época", diz José Dolphine.

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet