Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Agosto de 2019

Publicidade
0 2
:
0 4
:
3 9

Notícias / Agronegócio

4 Fev 2019 - 09:33

Algodão é destaque do Valor Bruto da Produção de Mato Grosso em 2018 com alta de 41%

Mato Grosso Agro

Publicidade

O Valor Bruto da Produção Agropecuária, o VBP, encerrou o ano de 2018 em R$ 85,687 bilhões em Mato Grosso. Os ganhos da porteira para dentro superam os R$ 75,104 bilhões de 2017. O grande destaque para o ano que passou no estado é o algodão com alta de 41,1%, saltando de R$ 15,187 bilhões para R$ 21,430 bilhões.

As informações são da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que mostram que Mato Grosso teve um desempenho diferente do Brasil que encerrou o ano de 2018 com um Valor Bruto da Produção Agropecuária em R$ 569,8 bilhões, menor do que o valor recorde obtido em 2017, de R$ 582,3 bilhões.

Dos R$ 85,687 bilhões registrados em Mato Grosso em Valor Bruto da Produção, conforme o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, as lavouras foram responsáveis por ganhos de R$ 69,737 bilhões e a pecuária por R$ 15,949 bilhões.

As lavouras saltaram de R$ 59,239 bilhões em 2017 para R$ 69,737 bilhões em 2018.

Um dos fatores que impulsionaram o resultado no algodão em 2018 foi o aumento da produção da pluma. Segundo dados do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), na safra 2017/2018 Mato Grosso colheu 1,358 milhão de toneladas de algodão em pluma, enquanto no ciclo 2016/2017 haviam sido 1,065 milhão de toneladas. Em 2018 a arroba da pluma em Mato Grosso variou entre R$ 86,51, verificados em fevereiro, e R$ 119,74 atingidos em junho, encerrando o ano a R$ 93,44 a arroba.

O resultado do Valor Bruto da Produção Agropecuária mato-grossense revela ainda que a soja registrou aumento de R$ 30,860 bilhões para R$ 36,095 bilhões de um ano para o outro. Contudo o milho teve "leve" recuo nos ganho de R$ 9,437 bilhões no ano de 2017 para R$ 9,140 bilhões em 2018. A cana-de-açúcar também registrou queda da porteira para dentro e R$ 2,046 bilhões para R$ 1,851 bilhão.

Pecuária

A pecuária, aponta o levantamento, cresceu de R$ 15,864 bilhões em 2017 para R$ 15,949 bilhões no ano de 2018. O incremento foi impulsionado pela bovinocultura que subiu de R$ 11,721 bilhões para R$ 12,081 bilhões de um ano para o outro.

“A pecuária de corte é a terceira maior atividade econômica do estado se analisados os valores da produção. Porém, com relação sua distribuição dentro do território, é a mais importante por ser a única atividade presente em todas as regiões e movimentar a economia dos 141 municípios mato-grossenses”, afirma o presidente do Instituto Mato-grossense da carne (Imac), Guilherme Linares Nolasco.

A avicultura também apresentou leve alta de R$ 1,920 bilhão para R$ 1,969 bilhão. Já a suinocultura teve recuo de R$ 967 milhões para R$ 787,9 milhões de um ano para o outro, a cadeia produtiva de leite de R$ 618,9 milhões para R$ 538,5 milhões e a produção de ovos de R$ 635,8 milhões para R$ 572,1 milhões.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet