Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Terça-feira 20 de Agosto de 2019

0 2
:
0 5
:
0 8

Notícias / Polícia

7 Fev 2019 - 15:00

Operação contra abuso sexual infantil é deflagrada em MT e RO

Operação contra abuso sexual infantil é deflagrada em MT e RO

Redação

Publicidade

A Polícia Federal, por meio do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos, deflagrou nesta quinta-feira (7), em Mato Grosso e Rondônia, a 4ª fase da Operação Araceli, com o objetivo de combater o crime de abuso sexual infantil.
 
Estão sendo cumpridos seis mandados de busca e apreensão, sendo três em Cuiabá, um em São José do Rio Claro, um em Barra do Bugres e um em Cerejeiras (RO).
 
Trata-se de um trabalho de investigação permanente que conta com o apoio de populares denunciantes, com ferramentas tecnológicas disponibilizadas por organizações não governamentais estrangeiras - como a Missing Kids e a Child Rescue Coalition - , além do auxílio das polícias de Berna, na Suíça, e de Wellington, na Nova Zelândia.
 
Dados dos investigados não serão informados para garantir o sigilo necessário às investigações e para preservação da imagem destes. Nomes serão divulgados somente após condenação criminal, no mínimo em segunda instância.
 
Nome da operação
 
O nome da operação é uma homenagem à Araceli Cabrera Sánchez Crespo, criança brasileira vítima de abuso sexual e de violência, assassinada em 18 de maio de 1973.
 
A data de 18 de maio tornou-se o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Denúncia
 
A Polícia Federal pede à população para que denuncie casos de abuso sexual infantil de que tenham conhecimento.
 
De acordo com o delegado Renato Sakamoto, que conduz as investigações, a denúncia pode ser feita a qualquer unidade da polícia ou do Ministério Público. É assegurado o sigilo dos dados do denunciante, caso necessário.

"Conclamamos a população para que denuncie os casos de abuso sexual infantil que tenham conhecimento. Trata-se de um crime muito grave e que precisa ser duramente combatido", disse.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

 
Sitevip Internet