Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 23 de Fevereiro de 2019

0 9
:
4 0
:
0 4

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Classificados

CASA

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A COMBINAR

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

Notícias / Agronegócio

8 Fev 2019 - 09:56 | Atualizado em 8 Fev 2019 - 16:13

"Vou procurar a ministra" diz Nelson Barbudo após governo federal decidir importar leite

A ministra citada por Nelson Barbudo é a chefe da pasta de agricultura Tereza Cristina.

Redação | Agência da Notícia

Agência da Notícia | Reprodução

 (Crédito: Agência da Notícia | Reprodução)

Publicidade

Publicidade

O deputado federal por Mato Grosso, Nelson Barbudo, foi criticado ontem após o governo federal anunciar que pretende abrir a importação de leite.

Para pequenos produtores de Confresa o deputado mandou um áudio em um grupo de troca de mensagens em aplicativo dizendo estar surpreso com a decisão

"Tentei falar com a ministra, mas ela não me atendeu hoje. Mas vou atrás dela” disse Barbudo pedindo calma e paciência para os produtores de leite da região

A ministra citada por Nelson Barbudo é a chefe da pasta de agricultura Tereza Cristina.

Confresa é o maior produtor de leite do estado de Mato Grosso e a importação pode derrubar ainda mais o preço pago ao pequeno produtor, da agricultura familiar, que mantém a cadeia ativa na cidade. 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet