Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 23 de Fevereiro de 2019

0 9
:
4 2
:
0 9

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Campanha Publicitária

Classificados

CASA

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A COMBINAR

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

publicidade

Notícias / Polícia

8 Fev 2019 - 14:53

Homem sofre emboscada, procura o Gefron e mata suspeito em MT

Ele a filha foram baleados antes de procurarem a polícia, em Porto Esperidião; caso deve ser investigado

Mídia News

Publicidade

Publicidade

Um homem de 57 anos, identificado pelas iniciais G.P.A., e sua filha, de 32 anos, foram baleados na tarde dessa quarta-feira (6), em Porto Esperidião (a 406 km de Cuiabá). Depois disso, ele ainda matou o suspeito A.C.J., de 45 anos, por acreditar que ele seria o autor dos disparos.
 
Segundo o boletim de ocorrência, G.P.A. foi até um posto do Grupo Especial de Segurança de Fronteira (Gefron) com sua filha. Eles relataram aos policiais que haviam sido vítimas de uma emboscada momentos antes.
 
Na ocasião, a mulher acabou sendo atingida na perna e no braço, enquanto o pai foi baleado na cabeça.
 
A filha relatou que caiu no chão após ser baleada e ainda ouviu diversos disparos em sua direção.
 
Mesmo feridos, eles conseguiram ir até uma estrada, onde conseguiram uma carona até a casa deles. Lá, eles pegaram o carro e seguiram para o posto policial.
 
Após relatar o ocorrido, G.P.A. disse aos policiais que iria para um posto de saúde por conta própria, pois não havia viatura no local e teriam que esperar a base d enviar um carro.
 
Pouco depois, um homem não identificado foi até o Gefron e denunciou uma troca de tiros em uma residência próxima.
 
Os policiais, então, foram até o local indicado e encontraram G.P.A. com uma espingarda na mão e sua filha chorando, aparentando desespero.
 
No quintal do imóvel, os policiais encontraram A.C.J. caído no chão, ainda com vida.
 
Ele foi socorrido e encaminhado para o Hospital Regional de Cáceres, mas não resistiu e morreu.
 
Já G.P.A. confessou ter atirado no morador e se entregou sem resistência. Ele e a filha também foram levados para o hospital, onde receberam atendimento médico.
 


Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet