Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Sábado 23 de Fevereiro de 2019

Publicidade
0 9
:
4 1
:
2 4

Últimas Noticias

Torpedos

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

FALTA DE IGUALDADE.!!!

Vejo esse Colégio Militar Racista e preconceituoso veja isso "I-50% (cinquenta por cento) para ...

confresa e nossa ou de politicos

ENTÃO COMO JÁ DISSE OUTRAS VEZES EU SOU FUNCIONÁRIO PÚBLICO DE CINFRESA DESDE O SEGUNDO MANDADO DO...

Campanha Publicitária

Classificados

CASA

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A COMBINAR

Gran Siena actrotive

Cidade: Canabrava do Norte mt

Anunciante: Vinicius

Valor: 35.000

mão de oba

Cidade: Confresa MT

Anunciante: Antonio Carlos

Valor: A combinar

publicidade

Notícias / Polícia

11 Fev 2019 - 10:32

Homem se nega a pagar programa sexual, tranca e ameaça matar mulheres com facão em Confresa

A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar que conseguiu desarmar o suspeito e prende-lo.

Redação | Agência da Notícia

Reprodução Ilustrativa

 (Crédito: Reprodução Ilustrativa)

Publicidade

Publicidade

O que era para ser uma noite de “amor” acabou virando caso de polícia, isso porque um homem se negou a pagar um programa sexual com duas mulheres. O caso ocorreu em um kit net na noite deste domingo, (10), onde as vítimas foram trancadas e ameaçadas com um facão. O fato aconteceu por volta das 20hs40min, no município de Confresa.

Conforme informações repassadas ao Site Agência da Notícia, as vítimas que são garotas de programas foram convidadas para irem até a casa do suspeito onde seria realizado o “programa”, mas uma desavença no pagamento do valor combinado entre os envolvidos gerou uma confusão enorme.

Uma das vítimas acabou sendo agredida com socos e “lapadas” de facão, já a segunda mulher conseguiu correr e se trancar no banheiro, de onde pedia por socorro. Um vizinho que ouviu os pedidos de ajuda acionou a PM que se deslocou ao local e conseguiu prender o suspeito de 49 anos e libertar as duas mulheres.

As vítimas relataram que a discussão sobre o pagamento dos programas sexuais, gerou revolta no suspeito que se apossou de um facão e passou ameaça-las de morte. 

O caso foi levado à Delegacia de Polícia Civil de Confresa e passa a ser investigado as versões apresentadas pelos envolvidos. 

Inserir comentário

2 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Lásaro, em 12 Fev 2019 às 09:23

    O triste de tudo é ver mulheres com orgulho dizer não querer ser sustenta por homem, e vender o que elas deveriam usar por amor, e assim do mesmo jeito serem sustentadas, pelo homem e pior se desonrado com os filhos da perdição. Homens não querem que sua esposa ou filha seja prostituta, mais vão atrás de mulheres as tornando prostitutas, o mal do tais filhos da perdição, acreditam que por pagarem não estão seduzidos pelo pai mentira e vosso pai/o/diabo.

  • por Elizabete Soares, em 11 Fev 2019 às 15:53

    Bonito as mulheres foi e satisfeis o safado agora ele não quer pagar hum

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet