Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 26 de Maio de 2019

0 4
:
0 3
:
2 5

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Enquete

Na sua opinião a reforma da previdência 2019 deve ser aprovada?

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Esporte

15 Fev 2019 - 09:12

Luciano marca nos acréscimos e Fluminense elimina o Flamengo da Taça Guanabara

Tricolor conseguiu seu resultado no fim da partida

O Dia IG

Publicidade

Publicidade

Rio - O Fla-Flu foi marcado pela emoção. Dentro e fora das quatro linhas. No primeiro jogo dos rubro-negros após a tragédia que matou dez meninos da base no Ninho do Urubu, muitas homenagens, balões brancos, minuto de silêncio e solidariedade por parte das duas torcidas, que marcaram presença para quebrar o recorde de público no Campeonato Carioca: 54.544 presentes. O tom solene, no entanto, só foi quebrado aos 48 minutos do segundo tempo, com o gol de Luciano, que garantiu a vitória do Fluminense por 1 a 0 e a classificação para a final da Taça Guanabara.

O primeiro tempo mostrou um Fluminense muito mais organizado e valorizando o toque de bola, bem ao estilo de jogo de Fernando Diniz. Apesar de ter mais posse (60% contra 40% do Flamengo), os tricolores não mostravam potência no ataque e pecavam na hora do último passe. O Flamengo, com um time melhor tecnicamente, aproveitava os contra-ataques quando conseguia roubar a saída de bola do Flu. A melhor chance de gol foi justamente dos rubro-negros. Aos 29 minutos, após cobrança de escanteio, Rhodolfo cabeceou firme, mas Rodolfo fez difícil defesa.

Em meio a tudo isso, nervos completamente à flor da pele, com jogadores dos dois lados entrando de maneira mais ríspida nas jogadas e reclamando em demasia com o árbitro, que teve de distribuir cinco cartões amarelos. Além de ouvir com insistência por parte dos jogadores, dos dois times, pedidos para consultar o Árbitro de Vídeo.

Na etapa final, Fernando Diniz deu uma cartada inesperada. Sacou Daniel, o único armador do time, mas que não vinha fazendo bom jogo, e mandou a campo o volante Dodi. Como resultado, o Fluminense distanciou seu meio-campo do ataque e apostava em lançamentos em profundidade. Aos 14, Yony González invadiu a área, chutou forte, mas Diego Alves pegou. O Flamengo continuava pressionando o Fluminense adiantando a marcação, para tentar aproveitar qualquer erro de passe. Aos 23, depois de boa trama do ataque tricolor, Luciano concluiu rente à trave. O jogo transcorreu com muita correria e pouca criatividade de ambas as partes.

Até que o lance vital da partida aconteceu aos 48. Arrascaeta errou ao sair com a bola, Caio Henrique roubou, a bola sobra para Yony González, que cruzou a bola para o meio da área. Luciano, no meio da defesa, bateu com o pé esquerdo, sem chance alguma para Diego Alves. A emoção mudou de tom e de lado da arquibancada. Festa para os tricolores, que no domingo vão decidir o turno com o Vasco, às 17h, no Maracanã.

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet