Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 26 de Maio de 2019

1 2
:
2 0
:
4 3

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Enquete

Na sua opinião a reforma da previdência 2019 deve ser aprovada?

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

publicidade

Notícias / Polícia

8 Mar 2019 - 13:20

Sesp: em algumas delegacias, policiais são guardas patrimonais

Mídia News

Reprodução

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante (Crédito: Reprodução)

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante

Publicidade

Publicidade

O secretário de Segurança Pública Alexandre Bustamante disse que há municípios em Mato Grosso onde policiais civis atuam como meros guardas patrimoniais.

 

Bustamente deu a declaração ao defender o fachamento de delegacias onde a demanda é baixa.

 

“O critério é otimizar o trabalho. Há lugares no Estado onde não há registro de boletim de ocorrência [...]. Normalmente tem dois ou três profissionais que praticamente não fazem trabalho de Polícia Judiciária, fazem trabalho de guarda patrimonial”

 

A intenção, segundo Bustamante, é realocar esses profissionais e equipamentos para reforçar os trabalhos de investigação em outros pontos. “Não é critério político que define esse tipo de coisa. A sociedade tem que entender que precisamos de trabalho de investigação, não de guarda patrimonial”, disse o secretário.

 

Recentemente, o Governo do Estado anunciou que realiza um estudo para avaliar a possibilidade de fechamento de mais de 20 unidades em munícipios de Mato Grosso. 

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet