Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Segunda-feira 18 de Março de 2019

2 0
:
4 3
:
5 5

Últimas Noticias

Torpedos

Br 158 120 km já

venho aqui chamar a atenção de nossos representantes para que seja cobrado o asfaltamento com...

Colaborador

Quero deixar aqui meu comentário não é só a dona Gé que está trabalhando para os órgãos públicos...

Agenora na Educação

Eu vi a Agenora na Prefeitura ontem, lá na Educação. Mas a justiça não proibiu??? Pelo jeito ela...

Enquete

Qual é sua avaliação referente ao Governo de MT, Mauro Mendes ?

Classificados

Fazenda

Cidade: Santa Terezinha

Anunciante: Raimundo

Valor: 240.000,00

TERRENO URBANO

Cidade: ALTO ARAGUAIA

Anunciante: CLAYTON REGIS CARNIEL

Valor: 30.000,00

FAZENDA 100 ALQUEIRES PARA GADO

Cidade: TERRA NOVA DO NORTE MT

Anunciante: CLAYTON REGIS CARNIEL

Valor: 2.500.000,00

publicidade

Notícias / Polícia

8 Mar 2019 - 13:20

Sesp: em algumas delegacias, policiais são guardas patrimonais

Mídia News

Reprodução

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante (Crédito: Reprodução)

O secretário de Estado de Segurança Pública, Alexandre Bustamante

Publicidade

Publicidade

O secretário de Segurança Pública Alexandre Bustamante disse que há municípios em Mato Grosso onde policiais civis atuam como meros guardas patrimoniais.

 

Bustamente deu a declaração ao defender o fachamento de delegacias onde a demanda é baixa.

 

“O critério é otimizar o trabalho. Há lugares no Estado onde não há registro de boletim de ocorrência [...]. Normalmente tem dois ou três profissionais que praticamente não fazem trabalho de Polícia Judiciária, fazem trabalho de guarda patrimonial”

 

A intenção, segundo Bustamante, é realocar esses profissionais e equipamentos para reforçar os trabalhos de investigação em outros pontos. “Não é critério político que define esse tipo de coisa. A sociedade tem que entender que precisamos de trabalho de investigação, não de guarda patrimonial”, disse o secretário.

 

Recentemente, o Governo do Estado anunciou que realiza um estudo para avaliar a possibilidade de fechamento de mais de 20 unidades em munícipios de Mato Grosso. 

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet