Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 27 de Maio de 2019

0 0
:
0 4
:
5 6

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Enquete

Na sua opinião a reforma da previdência 2019 deve ser aprovada?

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Polícia

11 Mar 2019 - 11:22 | Atualizado em 11 Mar 2019 - 14:50

Ex vice-prefeita de Confresa e Secretária de Educação é presa por desobediência em operação da PF.

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina.

Redação

Agência da Notícia

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina. (Crédito: Agência da Notícia)

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina.

Publicidade

Publicidade

A ex vice-prefeita, e também ex-secretária de Educação de Confresa-MT, Agenora Morais (PRB) foi presa na cidade de Barra do Garças por desobediência na operação Tapiraguaia da Polícia Federal, que investiga e acompanha todos os desvios públicos na cidade de Confresa.

A também conhecida como “Gê”, se encontrava em viagem quando a operação foi deflagrada. Desse modo, voltou a trabalhar mesmo nas condições de afastamento do cargo. Por meio de denúncias, a Polícia Federal decretou prisão e caracterizou o fato como desobediência à decisão maior de afastamento do cargo de Secretária de Educação e suas funções.

A ex-secretária foi encaminhada para a cadeia pública feminina de Nova Xavantina.

De acordo com informações ex-oficiais Agenora Moraes foi detida ainda na semana passada.

Relembrando o caso:

 A operação Tapiraguaia que teve início no ano de 2017 tem como objetivo investigar todos os casos de desvios público na cidade de Confresa, cumprindo 61 mandatos de busca apreensão. Com alvos nas cidades de  Cuiabá, Confresa, Canabrava do Norte, Porto Alegre do Norte, todas em Mato Grosso, e em Goiânia (GO) e Dourados (MS). 

Os mesmos possuíam contratação nas áreas de educação, saúde e infraestrutura nos anos de 2015 e 2016, durante o mandato do ex-prefeito Gaspar Lazzari (PSD)

Inserir comentário

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por joselito, em 11 Mar 2019 às 18:52

    É só chamar a filha dela pra defendê-la kkkkkk

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet