Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 26 de Maio de 2019

Publicidade
0 4
:
4 2
:
3 9

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Enquete

Na sua opinião a reforma da previdência 2019 deve ser aprovada?

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Política

12 Mar 2019 - 14:00

Deputado de Mato Grosso defende extinção dos Tribunais de Contas

Gazeta Digital

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Publicidade

Sempre se posicionando sobre assuntos polêmicos, o deputado federal José Medeiros (PODE)  declarou favorável à extinção dos Tribunais de Contas do Estado (TCEs), tendo em vista a situação financeira da maioria dos estados brasileiros. Segundo o parlamentar, é preciso falar sobre o “elefante branco na sala” e reconhecer que os tribunais não fazem o seu papel, que é zelar pela saúde financeira dos estados.

 

“Eu tenho acompanhado a maratona dos governadores em Brasília, porque os estados estão quebrados, a maioria decretando estado de calamidade financeira. E a Constituição diz que quem tem que fiscalizar é o Legislativo através do Tribunal de Contas, justamente para não chegar a isso”, afirmou Medeiros.

Segundo o parlamentar, a situação é semelhante em todo o país, pois além de não cumprirem a sua função, os TCEs ainda geram altos custos para os contribuintes. “Ele é quase um outro poder, que custa muito e não está servindo para o objetivo que foi criado. Ou se extingue ou se faz uma auditoria externa. Do jeito que está, não dá para continuar”.

 

Um dos problemas, segundo Medeiros, é a falta de conselheiros técnicos para esses tribunais, o que afeta a qualidade do trabalho oferecido. “Estamos falando de contas de alta complexidade, precisamos tornar esses tribunais órgão técnicos, tanto o Tribunal de Contas da União, quanto os TCEs, para que voltem a funcionar. Hoje os tribunais de contas viraram quase um asilo político”.

 

Além da falta de ação em relação às contas estaduais, os TCEs, segundo o deputado federal, são usados como instrumentos de perseguição em alguns estados. “Na maioria dos estados, o problema é o mesmo: a inaptidão dos tribunais de contas. E em alguns estados eles têm servido de instrumento de destruição de políticos adversários”.

 

Para mudar essa situação, ele propõe responsabilização dos TCEs e reestruturação da função desse órgão. “Em breve vamos ter mudanças na legislação para acertar os ponteiros. Se o Estado quebra, tem que responsabilizar quem deu o aval para que as contas fossem aprovadas. E se até o próprio órgão fiscalizador estoura as contas, como vimos através da imprensa, como vai cumprir o seu papel”.

 

Outro lado

 

A assessoria de imprensa do Tribunal de Contas do Estado (TCE) informou que o órgão não vai se posicionar sobre as afirmações do parlamentar.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet