Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Domingo 24 de Março de 2019

1 6
:
3 3
:
4 3

Últimas Noticias

Torpedos

Br 158 Araguaia ?

fico me perguntando qual é a ideia destes políticos inites que ficam segurando o progresso de nossa...

Br 158 120 km já

venho aqui chamar a atenção de nossos representantes para que seja cobrado o asfaltamento com...

Colaborador

Quero deixar aqui meu comentário não é só a dona Gé que está trabalhando para os órgãos públicos...

Campanha Publicitária

Classificados

Fazenda

Cidade: Santa Terezinha

Anunciante: Raimundo

Valor: 240.000,00

TERRENO URBANO

Cidade: ALTO ARAGUAIA

Anunciante: CLAYTON REGIS CARNIEL

Valor: 30.000,00

FAZENDA 100 ALQUEIRES PARA GADO

Cidade: TERRA NOVA DO NORTE MT

Anunciante: CLAYTON REGIS CARNIEL

Valor: 2.500.000,00

Notícias / Esporte

14 Mar 2019 - 09:00

Flamengo derrota a LDU e dispara na liderança do seu grupo na Libertadores

Everton Ribeiro, Gabigol e Uribe fizeram os gols dos cariocas

MARCELO BERTOLDO

Publicidade

Publicidade

A declaração de amor da torcida ao Flamengo foi o pontapé inicial para a incontestável vitória de 3 a 1 sobre a LDU, do Equador, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela segunda rodada da Libertadores. O mosaico com os dizeres 'Mengo é Paixão' gerou um sentimento recíproco em campo. A cada corte da defesa, roubada de bola, troca de passes envolvente até o ápice nos gols de Everton Ribeiro, Gabigol e Uribe, tão festejados quanto o pênalti defendido pelo goleiro Diego Alves, a arquibancada pulsava.

O Flamengo respondeu positivamente a energia transmitida dà beira do gramado, em dia de Maracanã lotado, com todos os ingressos esgotados. Pilhado, Gabigol disputava até bolas dadas como perdidas. Com muita movimentação e tabelas em velocidade, Diego, Everton Ribeiro e Bruno Henrique tentavam furar o bloqueio equatoriano.

E não demorou, pois Everton Ribeiro, logo aos oito minutos, fechou com chave de ouro a bela troca de passes, que teve o de Diego como o último e açucarado antes do gol. Pouco depois, a LDU respondeu no chute de Jhojan Julio, espalmado por Diego Alves.


Passado o susto, o Flamengo, com a marcação encaixada, assumiu o domínio do jogo, porém, perdeu a chance de construir uma considerável vantagem com Bruno Henrique, Diego, Arão e Gabigol, em duas oportunidades claras.

O pênalti de Diego sobre Vega foi um castigo para o torcedor, que depositou a fé na fama de Diego Alves. Ao defender a cobrança de Intriago, o goleiro, que já havia brilhado na vitória sobre o San José, na altitude de 3.700 metros de Oruro, na Bolívia, voltou a decidir e a incendiar o Maracanã.

Cheio de moral, o Flamengo voltou determinado a resolver o jogo. Aos 23 minutos, Everton Ribeiro voltou a aparecer no belo lançamento para Bruno Henrique, que escorou para Gabigol marcar o segundo. Arão e Léo Duarte também poderiam ter ampliado, mas não tiveram a mesma estrela de Uribe, que fez o terceiro no primeiro minuto em campo, aos 35.

O gol de pênalti de Borja, aos 46 do segundo tempo, não ameaçou a vitória ou abalou a relação de amor e paixão do Flamengo e sua torcida. Com 100% de aproveitamento, o Rubro-Negro fará mais dois jogos seguidos no Maracanã pela Libertadores - Peñarol, do Uruguai, dia 3 de abril, e San José, dia 11, e poderá garantir a vaga antecipada diante de sua nação.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

Campanha publicitária
 
Sitevip Internet