Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 26 de Maio de 2019

0 4
:
0 9
:
3 7

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Enquete

Na sua opinião a reforma da previdência 2019 deve ser aprovada?

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Política

15 Mar 2019 - 16:20

João Batista requer a abertura da CPI da Previdência e apresenta 14 assinaturas

RD News

Reprodução

João Batista quer evitar aumento da alíquota previdenciária para 14% (Crédito: Reprodução)

João Batista quer evitar aumento da alíquota previdenciária para 14%

Publicidade

Publicidade

O deputado João Batista (Pros) apresentou na sessão ordinária desta quinta (14) o requerimento de abertura da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Previdência. Com 14 assinaturas, a comissão deverá ser instalada na Assembleia e vai investigar as causas do deficit do MT Previdência (MT Prev).

João Batista justifica que a CPI é uma forma de tentar evitar o aumento da alíquota previdenciária de 11% para 14%, como estuda fazer o governador Mauro Mendes (DEM), na tentativa de acabar com o rombo da previdência estadual que, a princípio, se situa em torno de R$ 1,2 bilhão por ano.

“Requeremos a Mesa Diretora que aprove a instalação da CPI da Previdência. Fazemos isso a pedido de muitas lideranças e servidores públicos, porque sabemos que existe uma reforma em nível nacional que está em curso, vimos que houve uma CPI no Senado, que apresentou dados reais e com alternativas melhores, mas que não foi levado para frente”, justifica.

João diz ainda a Assembleia deve contribuir a melhoria da previdência do Estado. “Devemos fazer essa CPI com os servidores do Estado, porque são eles quem pagam esse valor e serão os beneficiários no futuro. Também queremos saber onde estão aqueles imóveis que foram garantidos para acabar com o deficit da Previdência e agora sumiram?”, questionou João Batista.

Esta semana foi instalada a CPI da Sonegação Fiscal e Renúncia Fiscal, requerida e presidida pelo deputado Wilson Santos (PSDB). A comissão investiga os possíveis R$ 2 bilhões sonegados em Mato Grosso por ano, assim como a renúncia fiscal concedida por meio de incentivo e perdão de dívidas que neste ano será de R$ 3,4 bilhões.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet