Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Terça-feira 10 de Dezembro de 2019

2 3
:
4 5
:
4 1

Últimas Noticias

Campanha Publicitária
publicidade

Notícias / Educação

26 Mar 2019 - 16:40

Professores de MT citam arrependimento por voto em Mauro

Categoria ainda aponta um "desmonte da educação pública" em MT

Folha Max

Publicidade

Assembleia Geral do Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Groso, nesta segunda-feira (25.03), na escola Estadual Professor Nilo Póvoas, em Cuiabá, deliberou por indicativo de greve para o dia 20 de maio, com paralisação de um dia em 24 de abril. A categoria considera os atos como um “manifesto contra o desmonte da Educação Pública no país e em Mato Grosso”. 

Durante duas horas, em discursos inflamados dos trabalhadores e trabalhadoras da educação, ficou registrado o descontentamento da categoria com as leis aprovadas pela gestão Mauro Mendes (DEM). O número insuficiente de profissionais nas escolas, os recorrentes atrasos de repasses da merenda dos estudantes, as portarias que desconstrõem a organização escolar, promovendo redução de estudantes nas escolas, a falta de infraestrutura dos prédios e o calote na Lei da RGA de 2018, são os motivos para a indignação dos trabalhadores.

Contudo, a maioria definiu por aguardar o cumprimento da campanha salarial, na data-base em maio para concretizar a mobilização. O objetivo é trazer para a luta “aqueles e aquelas arrependidos do voto dado ao governador Mauro Mendes”. 

O balanço relatado pelos dirigentes regionais durante o Conselho de Representantes do Sintep/MT, dias 23 e 24 de março, e reforçado nas manifestações na Assembleia sinalizaram que o cenário, apesar de favorável, ainda não estava forte o suficiente para consolidar uma greve unificada. “Iremos fazer uma paralisação de advertência no dia 24 de abril, para dizer ao governo que não aceitamos a retirada de direitos tampouco a forma como vem tratando a Educação aqui no estado de Mato Grosso”, concluiu o presidente do Sintep/MT, Valdeir Pereira.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet