Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 17 de Novembro de 2019

0 8
:
5 7
:
1 0

Últimas Noticias

Notícias / Economia

29 Mar 2019 - 15:00

Produção de etanol deve triplicar em MT

Folha Max

Reprodução

 (Crédito: Reprodução)

Publicidade

Somente neste ano, Mato Grosso deve receber mais de R$ 5 bilhões em investimento no setor de produção de etanol. Atualmente, o estado possui 11 indústrias que usam a cana de açúcar e o milho na produção do biocombustível.

A previsão é que até o final do ano outras três entrem em operação, nos municípios em Sorriso, Sinop e Campo Novo do Parecis. Elas vão usar o milho para produzir etanol. Cada uma dessas novas indústrias deve gerar entre 250 a 300 empregos diretos.

Mato Grosso produz 1.850 bilhão de litros de etanol por ano. Segundo o setor, esse volume deve triplicar nos próximos cinco anos, chegando a 5 bilhões de litros.

"Estamos explorando a possibilidade desse etanol para o mercado da região norte do país, também existe a possibilidade da Ferronorte operar com transporte para a sudeste, além de outras alternativas, como o etanol duto", disse o presidente da União Nacional do Etanol de Milho (Unem), Ricardo Tomczyk.

O estado tem o etanol mais barato há 12 anos em relação ao mercado.

Em todo o estado, cerca de 17.500 milhões toneladas de cana irão para as indústrias este ano. Uma produção considerada maior se comparada com a última safra.

"Houve uma recuperação deve aumentar ai entre 400 e 500 mil toneladas a produção de cana, a qualidade da nossa cana é a melhor do Brasil já de vários anos", disse o diretor executivo do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras do Estado de Mato Grosso (Sindalcool-MT), Jorge dos Santos.

O aumento na produção de etanol em Mato Grosso pode reduzir o preço do biocombustível, maior número de empregos ainda este ano e também a queda no consumo e nos preços de alguns cortes de carne de gado.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet