Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 17 de Julho de 2019

0 5
:
2 4
:
2 5

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos profissionais da educação do estado de Mato Grosso? Dê sua opinião.

Campanha Publicitária

Internauta AN

Notícias / Geral

17 Abr 2019 - 15:00

Defesa cita complexidade de ação e não crê em desfecho célere

O TRE de Mato Grosso decidiu pela perda do mandato da senadora Selma Arruda; decisão cabe recurso

Mídia News

Reprodução

O advogado Narciso Fernandes Barbosa, que defende a senadora Selma Arruda (Crédito: Reprodução)

O advogado Narciso Fernandes Barbosa, que defende a senadora Selma Arruda

Publicidade

O advogado Narciso Fernandes Barbosa, que defende a senadora Selma Arruda (PSL), acredita que a resolução do processo que determinou a cassação da ex-magistrada não deve ser célere.

 

O Tribunal Regional de Mato Grosso cassou o mandato da congressista e de sua chapa por abuso do poder econômico e caixa 2 na campanha eleitoral de 2018. Ela continua no cargo até que o caso seja julgado em definitivo pelo Tribunal Superior Eleitoral. 

 

Conforme o advogado, há um entendimento de que uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral, como a que Selma responde, seja julgada com rapidez, em um prazo de até um ano. No entanto, devido ao extenso volume do processo, o julgamento pode durar mais tempo, segundo ele.  

 

"Há uma recomendação dizendo que é bom que uma AIJE seja julgada em menos de um ano. Mas isso não é texto de lei, e depende da complexidade do processo. Esse processo tem 1,4 mil páginas, tem horas e horas de áudio, há muitos documentos que devem ser analisados. Não é um processo de simples compreensão”, disse o advogado ao MidiaNews, negando a informação de que a ação deverá estar concluída no TSE até setembro.

 

Narciso Fernandes aguarda a publicação da decisão do julgamento no Diário da Justiça Eleitoral para recorrer da decisão. Há a possibilidade de ele ingressar no TRE com um agravo regimental e de recorrer a sentença no Tribunal Superior Eleitoral.

 

“Nós ainda estamos estudando qual a estratégia mais adequada, até mesmo porque precisamos ler o acórdão. Porque uma coisa é o que foi falado, outra coisa é o que foi escrito”, disse o Narciso.

 

Cassação do mandato

 

Em julgamento de mais de 8 horas, os sete juízes eleitorais do TRE acataram os argumentos da acusação, que apontaram abuso do poder econômico e caixa 2 durante a campanha eleitoral de Selma e 2018.

 

Além da cassação e de nova eleição, os magistrados ainda determinaram a inelegibilidade de Selma e de seu suplente Gilberto Possamai por 8 anos. A medida não se aplica à segunda suplente da chapa, Clerie Fabiana Mendes (PSL), pois, conforme o relator, não ficou comprovada sua participação nas irregularidades.

 

 

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet