Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 17 de Julho de 2019

0 5
:
2 7
:
1 5

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos profissionais da educação do estado de Mato Grosso? Dê sua opinião.

Internauta AN

Notícias / Geral

18 Abr 2019 - 13:00

Governador não fixa prazo para fim de escalonamento salarial

“O foco do Governo não é só olhar para o servidor; fornecedores também são importantes”, disse

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

O governador Mauro Mendes (DEM), que diz que o Estado ainda tem uma série de dívidas a serem pagas (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

O governador Mauro Mendes (DEM), que diz que o Estado ainda tem uma série de dívidas a serem pagas

Publicidade

O governador Mauro Mendes (DEM) evitou fixar uma data para o fim do escalonamento salarial dos servidores públicos do Estado. Segundo ele, apesar de haver uma queda no déficit do Executivo, ainda há uma série de dívidas a serem pagas.

 

Anteriormente, a expectativa era de que os parcelamentos acabassem ainda no segundo semestre, segundo o secretário de Estado de Fazenda Rogério Gallo.

 

“Estou preocupado em retornar para o dia 10 [os salários], [assim] como estou preocupado em pagar os fornecedores de serviço em dia. Porque por trás de cada empresa que trabalha para o Governo há um trabalhador, um pai de família. Um cidadão que recebe salário e que está atrasado há meses porque o Estado não paga”, disse Mendes em conversa com a imprensa, na última segunda-feira (15).

 O governador disse que o Executivo vem pagando a maior parte dos servidores até o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado. Somente em abril, de acordo com ele, 83% do funcionalismo público recebeu o salário até esta data.

 

Entretanto, o democrata ressaltou que também precisa focar na entrega de bons serviços públicos à população.

 

“Temos esse problema. É um objetivo do Governo restabelecer o pagamento no dia 10. Vamos trabalhar para voltar todos para o dia 10, mas estamos trabalhando para pagar nossos fornecedores, os hospitais, os fornecedores de medicamentos”, afirmou.

 

“Essa ansiedade é do servidor. São 100 mil servidores em Mato Grosso. Merecem todo o nosso respeito. Mas o Governo trabalha com a expectativa e ansiedade de mais 3 milhões de habitantes que vivem aqui. O foco do Governo não é só olhar para o servidor. Eles são importantes, mas estamos aqui para administrar um governo que tem a responsabilidade com mais de 3 milhões de habitantes”, completou.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet