Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 22 de Maio de 2019

0 5
:
4 3
:
1 8

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Esporte

26 Abr 2019 - 09:16

Que drama! Fluminense vence Santa Cruz nos pênaltis e se classifica na Copa do Brasil

No Arruda, Tricolor joga muito mal e perde por 2 a 0 no tempo regulamentar. Nas cobranças, goleiro Rodolfo brilha e pega duas

O Dia

Publicidade

Publicidade

Recife - O Fluminense poderia ter resolvido o confronto contra o Santa Cruz no Rio, foi incompetente e não ampliou o 2 a 0 no Maracanã. Ainda assim, chegou no Arruda com a classificação bem encaminhada. Entretanto, a péssima atuação somada a mais um show de incompetência defensiva e ofensiva transformaram o jogo em drama. Com a vitória por 2 a 0 dos pernambucanos, que disputam a Série C do Brasileiro, a vaga só foi definida nos pênaltis. E o Fluminense venceu por 3 a 2, com duas defesas de Rodolfo, e passou às oitavas de final da Copa do Brasil. O próximo adversário será definido por sorteio.

A vantagem de dois gols de diferença construída no Rio poderia ter tranquilizado o torcedor tricolor. Mas a verdade é que o Fluminense correu risco de se complicar desde o primeiro tempo. Com postura completamente oposta ao jogo do Rio, quando não saíram da defesa, o Santa Cruz partiu para a pressão desde o início e marcou com muita intensidade a saída de bola do Tricolor das Laranjeiras, que teve enorme dificuldade de sair jogando. Em um desses lances, Airton errou o domínio e Augusto só não abriu o placar porque parou no travessão, aos 28. Os pernambucanos ainda poderiam ter outras duas chances ao roubar a bola na intermediária, mas a arbitragem marcou impedimentos inexistentes.

Com Allan no lugar de Ganso e o retorno de Bruno Silva, o Fluminense teve enorme dificuldade de impor seu jogo no meio com três volantes e abusou dos chutões. Mesmo assim, houve espaço para jogar quando chegou ao ataque. Na primeira vez em que o time conseguiu trocar passes, aos 11, Luciano perdeu gol na cara do goleiro, ao chutar para fora. O atacante ainda desperdiçou outra chance, assim como Yony, que cabeceou rente à trave.

Na volta do intervalo, o Santa Cruz não conseguiu manter o ritmo e deu espaço. O problema é que o Fluminense seguiu desperdiçando ataques por falta de capricho no passe. Ainda assim, Luciano e Gilberto, duas vezes, tiveram chance de marcar, mas pararam em ótimas defesas do goleiro Anderson. E, assim como no Rio, o time não soube matar o confronto. E foi punido.

Um jogo relativamente controlado — com exceção de uma bomba de Charles que Rodolfo espalmou e a bola ainda bateu no travessão — tornou-se drama quando o Santa Cruz voltou a pressionar. E se o Fluminense foi incompetente, os pernambucanos não. Aos 26, Jô recebeu cruzamento na área, chutou e Rodolfo aceitou: 1x0. A torcida e o time inflamaram, e o segundo gol não demorou a sair, em arrancada de Augusto que deixou Nino para trás. Rodolfo salvou na primeira, mas Pipico pegou o rebote e empatou o confronto aos 29.

Só então Fernando Diniz mexeu no time, colocando Pedro no lugar de Yony. Não melhorou, até porque o problema estava no meio de campo. E sem nenhuma organização o Fluminense não conseguiu buscar o gol da classificação e a decisão da vaga foi para os pênaltis.

Nas cobranças, Luciano, Pedro e Airton converteram pelo Fluminense, enquanto Gilberto perdeu. Já pelo Santa Cruz, Pipico e Guilherme Queiroz marcaram, Charles isolou e Rodolfo pegou as batidas de Marcos Martins e Willian Alves.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet