Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Terça-feira 21 de Maio de 2019

Publicidade
0 3
:
3 2
:
5 7

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Polícia

7 Mai 2019 - 13:00

Polícia cumpre 8 mandados; escritórios de advocacia são alvos

Ordens judiciais foram cumpridas na manhã desta segunda em Cuiabá e mais três cidades no interior

Mídia News

Reprodução

Policiais da Delegacia Especializada do Meio Ambiente de Cuiabá (Crédito: Reprodução)

Policiais da Delegacia Especializada do Meio Ambiente de Cuiabá

Publicidade

Publicidade

A Polícia Civil cumpriu oito mandados de busca e apreensão domiciliares na manhã desta segunda-feira (06), na Operação Isópteros, deflagrada pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema) com objetivo de apurar fraudes na fiscalização, comércio e transporte de produtos florestais no Estado.

 

As ordens judiciais foram cumpridas em Cuiabá (5 mandados) e nas cidades de Alto Garças, Juscimeira e Rondonópolis, em residências e dois escritórios de advocacia, que estariam associados a terceiros para prática das fraudes. 

 

A Polícia Civil não informou o nome de nenhum dos alvos na ação desta segunda.

 

As buscas foram realizadas no âmbito do inquérito policial que tramita na Delegacia do Meio Ambiente, que apura crimes ambientais como falsidade de laudos, relatório ambiental, sequestro e cárcere privado, associação criminosa, corrupção passiva, falsidade ideológica, lavagem de capitais, ocultação de bens, valores e direitos.

 

Todos os crimes estão relacionados à atividade de fiscalização, comércio e  transporte de produtos de florestais, em especial madeiras apreendidas e depositadas no pátio unificado da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), no Distrito Industrial, em Cuiabá.

 

O grupo vem sendo investigado há mais de um ano. Durante a operação, foram apreendidos documentos, celulares, equipamentos eletrônicos, entre outros.

 

Além da buscas, foi decretado o bloqueio de contas correntes, supostamente usadas pelos membros do grupo criminoso.

 

A operação contou com apoio da Diretoria de Atividades Especiais e da Diretoria de Interior, por meio das regionais e delegacias das cidades onde os mandados foram cumpridos.

 

Nome da operação

 

O nome Isópteros faz referência a colônias de cupins que possuem cerca de 2.800 espécies catalogadas no mundo. São insetos que causam prejuízos econômicos por ser uma praga que corrói madeira e outros materiais de celulose.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet