Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Sexta-feira 22 de Novembro de 2019

2 0
:
5 4
:
3 8

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Notícias / Judiciário

11 Mai 2019 - 13:30

Júri condena homem que tentou matar esposa a golpes de facão

Tentativa de homicídio ocorreu em 2006, na Capital; vítima reagiu e foi socorrida pelo filho

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

ulgamento ocorreu no Fórum de Cuiabá, na última quinta-feira (9) (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

ulgamento ocorreu no Fórum de Cuiabá, na última quinta-feira (9)

Publicidade

O Tribunal do Júri de Cuiabá condenou, na última quinta-feira (9), José Cícero da Silva a 10 anos e quatro meses de prisão por tentar matar a esposa com golpes de facão, em 2006.

 

A sentença foi proferida pela juíza Mônica Catarina Perri Siqueira, da 1ª Vara Criminal, e cabe recurso.

 

Conforme a ata do julgamento, o acusado não compareceu à sessão e foi julgado à revelia.

 

Conforme a denúncia do Ministério Público Estadual (MPE), José Cícero foi acusado de tentativa de homicídio qualificado agravado por recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Consta no processo que, no dia 9 de setembro de 2006, o acusado estava sentado em uma cadeira no quarto, por volta das 16h30.

 

Quando a mulher se aproximou, o homem sacou um facão, que estava escondido embaixo do colchão, e atacou a esposa.

 

Para tentar se defender, a mulher reagiu e a arma caiu no chão. Imediatamente, a vítima conseguiu pisar no facão. Diante disso, o marido a empurrou e, em seguida, saiu correndo.

 

A mulher foi socorrida pelo seu filho e foi encaminhada para o hospital. A Polícia Militar também foi acionada.

 

Segundo o MPE, José Cícero tinha intenção de matar, pois golpeou a cabeça, testa, ombro direito, o antebraço esquerdo e na mão direita da vítima.

 

“Insta consignar que o crime de homicídio somente não se consumou porque, além da vítima tentar se desvencilhar das agressões, foi socorrida por seu filho e encaminhada para cuidados médicos”, afirmou o MPE, na denúncia.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet