Agência da Notícia

Mato Grosso

Agência da Notícia, Quarta-feira 22 de Maio de 2019

0 6
:
1 8
:
0 9

Últimas Noticias

Torpedos

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Camilão às escuras

A situação da praça Camilão é triste. Um dos pouquíssimos espaços públicos para lazer e talvez o...

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Geral

14 Mai 2019 - 11:07

Raoni vai à Europa denunciar ameaças à Amazônia ao papa e a Macron

Líder indígena fará alerta contra avanço de madeireiros e do agronegócio na reserva do Xingú e arrecadará fundos para defesa de comunidades

VEJA

Evaristo Sá/AFP/VEJA

Cacique Raoni Metuktire, presidente honorário da Foret Vierge: drones para proteger o Xingú (Crédito: Evaristo Sá/AFP/VEJA)

Cacique Raoni Metuktire, presidente honorário da Foret Vierge: drones para proteger o Xingú

Publicidade

Publicidade

O líder indígena Raoni chegou a Paris neste domingo, 12, para dar início a um périplo de três semanas pela Europa para alertar sobre as crescentes ameaças à Amazônia. Sua agenda inclui reuniões com o presidente da França, Emmanuel Macron, e o Papa Francisco, no Vatican, segundo a Foret Vierge, organização que Raoni preside de forma honorária.

Pertencente à etnia Kayapó, o cacique Raoni Metuktire aproveitará a visibilidade internacional para tentar arrecadar um milhão de euros a serem destinados à proteção da reserva indígena do Xingu. Localizada na Amazônia, a reserva abriga vários povos indígenas e está ameaçada pelo avanço de madeireiros e do agronegócio.

Raoni, cuja luta pela defesa da Amazônia brasileira foi apoiada internacionalmente por figuras como o cantor Sting, viaja acompanhado por outros três líderes indígenas que vivem no Xingu. O grupo deverá se encontrar também com o ministro francês do Meio Ambiente, François de Rugy, e com autoridades da Bélgica, Suíça, Luxemburgo, Mônaco e Itália.

A jornada de Raoni na Europa ocorre em meio a tensões devido ao aumento das ameaças à Amazônia por parte dos setores de mineração, madeira e agricultura, que encontraram um aliado no presidente Jair Bolsonaro, que já manifestou apoio à exploração econômica de áreas protegidas.

Inserir comentário

1 comentário

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

  • por Mauro Cesar Morais Lima, em 14 Mai 2019 às 16:41

    Esse Raoni tá precisando de uma enxada para trabalhar.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet