Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 17 de Julho de 2019

0 6
:
1 9
:
3 6

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra a greve dos profissionais da educação do estado de Mato Grosso? Dê sua opinião.

Internauta AN

Notícias / Geral

15 Mai 2019 - 08:58

Unemat desenvolve pesquisa com fruta que vem conquistando consumidores

A pitaia apresenta alto valor de mercado e rápido retorno econômico para o produtor, que pode obter no preço do quilo do fruto até R$ 85 em algumas regiões de Mato Grosso.

redação

Publicidade

Professores e alunos do câmpus da Unemat em Nova Xavantina estão desenvolvendo ações de pesquisa e extensão com a fruta originária da América Central, conhecida como pitaia. A proposta é avaliar o comportamento vegetativo e reprodutivo de diferentes espécies nas condições de clima e solo do município, além de estudos relacionados com a ocorrência de doenças e pragas e nutrição da planta.

As atividades relacionadas ao cultivo da pitaia têm despertado o interesse de produtores locais, atraídos principalmente pela alta rentabilidade da cultura, que pode ultrapassar a produtividade de 20 toneladas por hectare, com o preço do quilo do fruto podendo chegar a R$ 85 em algumas regiões de Mato Grosso.

No início do mês (07), foi ministrado minicurso intitulado “Manejo e Produção de Pitaia”, pela professora Ana Claudia Costa, pós-doutora em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal de Lavras, e pelo discente Tiago Yukio Inoue, durante a 5ª Semana Agronômica realizada na Unemat.

Cerca de 25 participantes, entre produtores e alunos, tiveram a oportunidade de conhecer um pouco sobre o manejo da cultura. Na ocasião, foi realizada a degustação de sucos de duas espécies de pitaias (vermelha de polpa branca e vermelha de polpa vermelha) feitos com frutos do pomar do câmpus. Os participantes também puderam produzir suas próprias mudas.

Para a professora Ana Cláudia Costa a pitaia é uma cultura bastante promissora para a região. "A planta adaptou-se bem às nossas condições e tem se mostrado uma excelente alternativa para diversificação de pomares atraindo produtores e consumidores do nosso município”.

O interesse pela produção de pitaias no Brasil tem aumentado significativamente devido seu alto valor de mercado e rápido retorno econômico para o produtor, já que a planta pode iniciar a produção um ano após o plantio. As pitaias são cactáceas frutíferas, que são frutos são ricos em vitaminas, fibras, minerais como cálcio, fósforo e ferro e possuem baixo valor calórico. Também tem efeito laxante e, se consumida regularmente, pode auxiliar na prevenção de alguns tipos de câncer e diminuir o colesterol do organismo.

Outras informações: (66) 3438-1224/anaclaudiacosta@unemat.br

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet