Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 24 de Junho de 2019

1 0
:
2 2
:
5 5

Últimas Noticias

Torpedos

CORPO DE BOMBEIRO

GOSTARIA de uma materia, explicando por o corpo de bombeiro proibiou a festa juninas na escolas

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Geral

21 Mai 2019 - 16:40

Fávero fecha acordo com Mendes para sanção de projeto

Gazeta Digital

Maike Toscano

 (Crédito: Maike Toscano)

Publicidade

O deputado estadual Silvio Fávero (PSL), insistiu junto ao governador Mauro Mendes (DEM) e o seu projeto de parcelamento do IPVA será sancionado. A expectativa é que a publicação ocorra no início da próxima semana. Segundo o parlamentar, o que convenceu Mendes foi a possibilidade de aumentar a receita do caixa do Estado de forma rápida.

 

“Estive na Casa Civil, conversei com o governador e ele me garantiu que vai sancionar o projeto. Todo mundo vai ganhar com isso e não terá mais desculpa para não pagar o imposto”, avalia Fávero.

O projeto tem como base a Resolução nº 619/2016 do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), que estabelece que multas e o IPVA possam ser parcelados. No entanto, para que os estados possam aderir é preciso uma lei para regulamentar como esse processo será feito.

 

Com a publicação da lei, esses débitos poderão ser pagos no débito ou em até 12 vezes no cartão de crédito. Mas, esse pagamento deve ser feito antes que a multa seja inscrita na dívida ativa e não vale para veículos de outros estados que circulem por aqui e por multas aplicadas por órgãos que não seja o Detran.

 

“Nessa crise que o Estado enfrenta, essa é uma forma de entrar dinheiro imediatamente. Um IPVA, de R$ 1 mil, por exemplo, a pessoa parcela em 12 vezes e não fica inadimplente", enfatiza o deputado.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet