Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 17 de Junho de 2019

0 0
:
1 6
:
4 9

Últimas Noticias

Torpedos

CORPO DE BOMBEIRO

GOSTARIA de uma materia, explicando por o corpo de bombeiro proibiou a festa juninas na escolas

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Geral

25 Mai 2019 - 13:00

Mendes anuncia revisão de incentivos e nega medidas populistas

Na Fiemt, governador reforçou que necessita de apoio dos industriais para recuperar Estado

Mídia News

Reprodução

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes (Crédito: Reprodução)

O governador de Mato Grosso, Mauro Mendes

Publicidade

O governador Mauro Mendes (DEM) afirmou, nesta sexta-feira (24), que fará uma revisão de incentivos fiscais concedidos por meio de portarias.

 

Em uma reunião com a diretoria da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), o democrata disse que todos os setores da sociedade terão que ajudar na recuperação do Estado.

 

“Todos precisam dar sua parcela de contribuição para que seja possível fazer um freio de arrumação e, assim, ser possível mudar o rumo desse Estado, pois com um Estado recuperado, todo mundo ganha. Contudo, se ficar como está, todos nós iremos perder”, afirmou.

“Têm incentivos fiscais que foram concedidos por meio de portarias há mais de 20 anos e nós estamos revendo tudo”, completou.

Mendes afirmou que medidas necessárias para que o Estado possa atingir o equilíbrio financeiro passa pela tomada de "ações impopulares" em todos os setores da sociedade.

 

“Precisamos fazer políticas públicas olhando para os problemas, para que seja possível atingir as soluções. Por que com medidas populistas, vamos afundar ainda mais o nosso Estado”,disse.

 

No encontro, Mendes apresentou os números do Estado que, segundo ele, confirmam a necessidade de cortar despesas e reorganizar as contas públicas. 

 

Aos empresários que participaram da reunião, o governador destacou que o trabalho realizado pela atual gestão é para que o Estado se transforme em "um indutor de crescimento, porque hoje ele é uma âncora”. 

 

Também participaram da reunião os secretários Gilberto Figueiredo (Saúde), Basílio Bezerra (Planejamento e Gestão), Marcelo Oliveira (Infraestrutura) e Alberto Machado (Gabinete).

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet