Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Domingo 16 de Junho de 2019

Publicidade
2 3
:
4 0
:
4 1

Últimas Noticias

Torpedos

CORPO DE BOMBEIRO

GOSTARIA de uma materia, explicando por o corpo de bombeiro proibiou a festa juninas na escolas

Alternativa

Parabéns ao sindicato rural e prefeitura municipal de vila rica MT 33 anos de aniversario

Camilão iluminado!

Parabenizo a administração municipal que atendeu as diversas solicitações dos munícipes e iluminou...

Campanha Publicitária

Classificados

SANDERO STEPWAY 12/12

Cidade: CONFRESA

Anunciante: RAFAEL GABOARDI BECKER

Valor: A COMBINAR

casa para vender

Cidade: Confresa

Anunciante: ADILSON VITAL

Valor: A combinar

Ford Focus 2007

Cidade: Confresa

Anunciante: Wilsrley

Valor: 9.000,00

Notícias / Geral

25 Mai 2019 - 10:49

Sema realiza workshop sobre gestão de risco com produtos químicos

As 11 palestras foram voltadas para técnicos, membros de empresas de resíduos perigosos, transportes, laboratórios e estudantes universitários.

redação

Publicidade

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) realizou um workshop sobre gestão de risco com produtos químicos nesta quarta-feira (22), no Hotel Fazenda Mato Grosso, em Cuiabá. O evento teve 11 palestras e contou com representantes de outros estados, como São Paulo e Sergipe. Participaram técnicos da área, membros de empresas que trabalham com resíduos perigosos, transportes, laboratórios e estudantes universitários. Todos eles receberão um certificado de presença.

O evento foi organizado pela Comissão Estadual de Prevenção Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Perigosos do Estado de Mato Grosso (CEP2R2). “Era uma necessidade esse workshop para discutir o risco que envolve esse tipo de produto”, destacou Nilma Taques, presidente da comissão.  

O superintendente de Infraestrutura, Mineração, Indústria e Serviços, Valmi Lima, que foi presidente do CEP2R2, reiterou a importância do evento. “Esta troca de experiência com outros estados da federação, órgãos e empreendimentos é necessária e deve acontecer de forma periódica para o desenvolvimento do P2R2. A discussão homogeneíza os procedimentos e facilita a interlocução entre os vários atores do sistema”.

P2R2

As palestras foram abertas com a apresentação do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais (P2R2) por Marco Antônio Lainha, da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). O Plano foi criado por Decreto em 2004 e estabelecido por meio de um compromisso entre o Ministério e secretarias estaduais e municipais de Meio Ambiente com objetivo de prevenir a ocorrência de acidentes com produtos químicos perigosos e aprimorar o sistema de preparação e resposta a emergências químicas.

“O Workshop integra as instituições que estão envolvidas com emergências, neste caso produtos perigosos, e esta aproximação entre os órgãos resulta em atendimentos eficientes e eficazes. A integração é importante pois otimiza os recursos, gera treinamentos e capacitações e evidentemente quem ganha com isso é o meio ambiente e a população, que terá um atendimento rápido, podendo minimizar muito as consequências destes episódios de desastre”, afirmou Lainha.

O analista ambiental da Administração do Meio Ambiente de Sergipe (Adema), Jamiel menezes, também falou sobre a necessidade de interação dos estados. “Sairemos daqui com a cabeça fervendo de ideias, de coisas que estamos vendo que em outros estado já estão implantadas e que precisamos implantar em Sergipe. Produtos perigosos é um tema de grande apelo e deve ser sempre discutido porque não impacta só a região que teve o acidente, mas pode impactar todo o estado e inclusive estados vizinhos”.

Os servidores da Sema, Nilma Taques e Sergio Figueiredo, presidente e membro da comissão respectivamente, palestraram sobre as ações desenvolvidas pela CEP2R2, que têm a função de articular parcerias entre instituições governamentais, empresas privadas, entidades de classe, sociedade civil e demais entidades que estejam envolvidas com o tema emergências ambientais. A Sema é a secretaria executiva do Conselho.

“O objetivo da Comissão Estadual é promover a divulgação do Plano do P2R2 junto aos diversos setores da sociedade, por meio da realização de fóruns, oficinas e seminários regionais e estaduais e promover intercambio de concepções e experiências entre entidades e estados da federação”, explicou os palestrantes.

Outras Palestras

A jornalista Dirce Alves, do grupo Ambipar de São Paulo, realizou um bate-papo sobre comunicação em situações de crise e emergência, respondendo dúvidas e promovendo o debate entre os participantes. Várias orientações foram passadas para os profissionais sobre a forma como as empresas devem agir em casos de acidente ou desastre, com a formação de porta voz, formas de divulgação para a imprensa e comunicação com o público interno e colaboradores como forma de minimizar uma crise.

Representantes de instituições que dão o primeiro atendimento em episódios de acidente ou desastre ambiental, como Defesa Civil e Corpo de Bombeiros Militar, explicaram como é a atuação dos órgãos nesses casos. A Politec explicou sobre a realização da Perícia Ambiental em local de Acidente com Produtos Perigosos. 

“Precisamos sensibilizar a sociedade para os riscos existentes, unindo atores envolvidos nos diversos níveis de gestão com produtos químicos perigosos, agregando as instituições públicas e privadas. Foi importante a participação do Corpo de Bombeiros Militar como forma de difundir o sistema de prevenção e preparação da sociedade, melhorando o conhecimento da população e criando um ambiente propício para resposta rápida e segura”, ressaltou o Comandante do Batalhão de Emergências Ambientais, TC BM Dércio Santos da Silva.

O servidor da Sema, Fernando Pires, orientou sobre o processo de licenciamento ambiental com produtos perigosos em Mato Grosso e os também servidores, Nilma Taques e Everaldo Gasparini, explicaram como é realizado o monitoramento ambiental pós-acidente com produtos perigosos no Estado.

As outras palestras do dia foram sobre Ferramentas de Gestão em Emergências Químicas, que foi conduzida pelo servidor da Cetesb Anderson Piolli; Atuação da Concessionária Frente ao Atendimento com Produtos Perigosos na BR-163, apresentado por Wilson Medeiros da Concessionária Rota D’Oeste; Responsabilidade Civil e o Seguro de Risco Ambiental, da Futuro Seguros – GC do Brasil.

Parcerias

O workshop foi realizado por meio de cooperação do poder público com o setor privado, organizações não governamentais, universidades e comunidade.

O evento é uma parceria do P2R2 com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, por meio da Educação Ambiental; Polícia Rodoviária Federal; Ibama; Defesa Civil do Estado; Corpo de Bombeiros do Estado; Secretaria de Saúde Estadual; Rota do Oeste; Limppar Gerenciamento e Consultoria Ambiental; Associação Mato-Grossense de Engenharia de Segurança do Trabalho (Amaest); Centroeste Resíduos; Sinalizar MT; 3 Irmãos Eventos e Treinamento; Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb); Fiagril; Grupo Ambipar; Grupo Canaa Norte Resíduos; Sindicato das Empresas de Transporte e Carga no estado de Mato Grosso (Sindmat); Sanorte Saneamento Ambiental; Futuro Seguradora; Bravo Serviços Logístico; Sest Senat; Prefeitura Municipal de Cuiabá e Prefeitura Municipal de Várzea Grande.



Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet