Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Sábado 16 de Novembro de 2019

2 0
:
2 0
:
3 6

Últimas Noticias

Notícias / Geral

4 Jul 2019 - 15:42

Comissão Especial aprova texto-base da reforma da Previdência. Veja os principais pontos

Deputados ainda votarão destaques ao projeto, que seguirá para o plenário da Câmara

O GLOBO

Pablo Valadares/Câmara

Sessão da Comissão Especial da Reforma da Previdência (Crédito: Pablo Valadares/Câmara)

Sessão da Comissão Especial da Reforma da Previdência

Publicidade

A Comissão Especial que analisa a  reforma da Previdência aprovou na tarde desta quinta-feira o texto-base da proposta. O parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP) foi aprovado por 36 votos a 13 . O relatório mantém pontos do texto original, como idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres, mas traz várias mudanças em relação à proposta encaminhada pelo governo. A principal delas é a retirada de estados e municípios das novas regras de aposentadoria. O texto também tem regras mais benéficas para professores e avança sobre temas tributários, como o aumento da tributação sobre bancos.

Agora, o colegiado passará a votar os destaques — alterações ao texto votadas em separado pelos parlamentares. Embora 140 mudanças tenham sido sugeridas, a tendência é que a maior parte seja derrubada pelos deputados. A votação de cada ponto será nominal.

Os destaques mais críticos são os que tratam das regras de policiais. Segundo o líder do governo na Câmara, Major Vitor Hugo (PSL-GO), o acordo é para que essas alterações — com regras mais benéficas para as categorias — sejam rejeitadas para que um novo acordo seja costurado no plenário, a próxima etapa da tramitação da reforma na Câmara. 

— Talvez concluir algo aglutinativo com alguma coisa que as pessoas concordem. Fizemos várias propostas e toda vez que íamos para alguns dos vértices, algum discordava — disse Vitor Hugo.

A votação do texto base ocorreu após manobras de obstrução de parlamentares da oposição. Ainda nesta manhã, a Comissão Especial rejeitou um requerimento de retirada de pauta. Antes, na quarta-feira, o colegiado já havia se dedicado a derrubar cinco requerimentos de adiamento de votação, em uma reunião que só terminou na madrugada, já que todas as votações foram nominais. Integrantes da oposição criticaram a aprovação.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet