Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 14 de Outubro de 2019

0 8
:
3 2
:
0 9

Últimas Noticias

Enquete

Você é a favor ou contra Lula ir para a prisão domiciliar?

Internauta AN

Notícias / Geral

11 Jul 2019 - 13:40

Botelho cria novo calendário e quer LDO votada até final de agosto

Peça do Executivo prevê uma receita de R$ 19,155 bilhões e despesas da ordem de R$ 19,863 bilhões

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e a deputada Janaina Riva (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho, e a deputada Janaina Riva

Publicidade

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), apresentou um novo cronograma de votação do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020. Ele quer a medida aprovada até 29 de agosto.

 

A peça prevê uma receita de R$ 19,155 bilhões e despesas da ordem de R$ 19,863 bilhões, totalizando um déficit de R$ 708 milhões. Os valores podem ser alterados, entretanto, por conta da do Projeto de Lei Complementar 53/2019, que reinstitui os incentivos fiscais e altera o sistema de cobrança de impostos, incrementando receitas ao caixa do Executivo.

 

Segundo Botelho, o novo cronograma estabelece que até 15 de agosto os deputados poderão apresentar emendas, propondo alterações na peça do governador Mauro Mendes (DEM).

 

Até 22 de agosto, a medida deve ter sido votada na Comissão de Orçamento e na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

 

Estou assinando e publicando essa mudança de calendário aqui. Peço que se atentem aos prazos
Uma semana depois, em 27 de agosto, ocorre a primeira votação. No dia 28, a segunda. Por fim, no dia 29, passa em redação final.

 

“Estou assinando e publicando essa mudança de calendário aqui. Peço que se atentem aos prazos para concluirmos essas votações”, disse ele na sessão de terça-feira (09).

 

Inicialmente, a intenção era de que o projeto fosse votado ainda no mês de agosto. Entretanto, por conta do projeto dos incentivos fiscais, líderes da bancada de oposição pediram a Botelho o adiamento da análise da LDO.

 

A peça é elaborada anualmente e tem como objetivo apontar as prioridades do Governo para o próximo ano. Ela orienta a elaboração da Lei Orçamentária Anual (LOA), que é o orçamento propriamente dito. 

 

A LOA de 2020 deve ser apresentada entre agosto e setembro.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet