Agência da Notícia

14 anos no MT

Agência da Notícia, Quarta-feira 20 de Novembro de 2019

1 3
:
4 1
:
2 0

Últimas Noticias

Notícias / Geral

5 Ago 2019 - 14:18

Pais e alunos fazem protesto e pedem fim da greve da educação em MT

Paralisação já dura 71 dias. Profissionais devem realizar uma assembleia nesta segunda-feira para definir se retomam as atividades.

G1-MT

Publicidade

Pais e alunos fizeram um protesto, nesta segunda-feira (5), em frente à Escola Estadual Souza Bandeira, em Cuiabá. Eles pedem que os professores da rede estadual de educação encerrem a greve que já dura 71 dias.

Os pais alegam que os filhos estão sendo prejudicados pela falta de conteúdo e estão preocupados com o calendário letivo que deve ser alterado em razão da paralisação.

Um dos pais presente no protesto disse que a reivindicação dos professores é legítima, mas a greve já se estendeu demais e os alunos é que pagarão o 'preço'.

O Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep/MT) deve realizar uma assembleia na tarde de hoje para definir se as atividades serão retomadas ou não.

De acordo com o presidente do Sintep, Valdeir Pereira, os profissionais já estão mais flexíveis com relação à aceitação da proposta do governo.

"Antes estava sendo exigido o pagamento imediato do reajuste, agora os profissionais estão mais flexíveis e aceitam a proposta de um calendário para pagamento do reajuste", declarou ele.

O governo do estado afirmar que, em razão do cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), não tem condições de conceder reajuste à categoria. Entretanto, deve avaliar uma nova proposta.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet