Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Sábado 17 de Agosto de 2019

1 2
:
2 8
:
0 8
publicidade

Notícias / Agronegócio

13 Ago 2019 - 14:30

Boi gordo x milho: poder de compra do pecuarista piora em agosto

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas (SP), o grão foi negociado por R$ 38 por saca, sem o frete, alta de 1,3% na comparação mensal

Canal Rural

Madson Maranhão/ Seagro-TO

 (Crédito: Madson Maranhão/ Seagro-TO)

Publicidade

Os preços do milho subiram no mercado interno em agosto acompanhando a valorização do dólar e a expectativa de uma boa movimentação para exportação, que na realidade já vem acontecendo desde meados de maio. 

Em julho, a média diária exportada aumentou 281,2% em relação à média do mês anterior. Na comparação com a média de julho do ano passado, os embarques cresceram 416,4%.

Segundo levantamento da Scot Consultoria, na região de Campinas (SP), o milho foi negociado por R$ 38 por saca, sem o frete. Houve alta de 1,3% na comparação mensal, mas ainda assim o cereal está custando 5% menos frente a agosto de 2018. 

Com a alta no preço do grão e o preço da arroba do boi gordo em patamar ligeiramente mais baixo que a média de julho, a relação de troca piorou para o pecuarista em agosto. Na praça de São Paulo, atualmente é possível comprar 4,08 sacas de milho com o valor de uma arroba de boi gordo. 


O poder de compra em relação ao alimento concentrado diminuiu 1,5% na comparação mensal, mas melhorou 12,5% em relação a agosto de 2018. Isto significa quase meia arroba a menos para a compra da mesma quantidade de milho. 

Para o curto e médio prazos, a expectativa é de que os embarques continuem em ritmo forte em agosto, o que deverá manter firmes os preços do milho no mercado interno.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet