Agência da Notícia

Há 14 anos no MT

Agência da Notícia, Segunda-feira 16 de Setembro de 2019

0 9
:
5 0
:
3 5

Últimas Noticias

Campanha Publicitária

Internauta AN

Notícias / Política

2 Set 2019 - 10:00

Deputado diz ser difícil união de Emanuel e Mendes para 2020

Max Russi diz que ambos se criticam por meio da imprensa e não devem se aliar para eleição

Mídia News

Alair Ribeiro/MidiaNews

 (Crédito: Alair Ribeiro/MidiaNews)

Publicidade

O presidente do PSB em Mato Grosso, deputado Max Russi, disse ser improvável uma aliança entre o governador Mauro Mendes (DEM) e o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), para as eleições de 2020.

 

Ambos têm se alfinetado por meio da imprensa. Emanuel deve sair à reeleição, mas o governador já disse ver com preocupação a atual gestão e citou a necessidade de o DEM lançar um candidato ao Palácio Alencastro.

 

Em conversa com o MidiaNews, Max Russi, que é próximo dos dois, afirmou que cada um estará em um grupo diferente no próximo pleito.

 

“Acho ruim de certa forma e não vejo condição de união entre os dois. Vejo que tem dificuldades. Eles têm se comunicado principalmente através da imprensa. Vejo um entendimento difícil”, disse.

 

“Vejo que o prefeito Emanuel será candidato à reeleição e o Mauro deverá lançar alguém do seu grupo para disputar contra o atual prefeito. Este deve ser o cenário eleitoral do ano que vem”, acrescentou.

 Apesar da distância e das constantes críticas, o deputado disse não ver consequências para a Capital.

 

Para ele, ambos estão se esforçando para fazer entregas à população.

 

“Eu não tenho visto problemas nisso. Nessa briga, um tem que trabalhar mais que o outro para mostrar aquele que mais vai colaborar para o desenvolvimento de Cuiabá”, afirmou.

 

“A gente viu isso na Saúde, por exemplo. O Emanuel entregou o Pronto Socorro e o Mauro assumiu a Santa Casa. E são duas estruturas muito boas. E quem ganhou com isso foi a população mais humilde”, disse.

Inserir comentário

0 comentários

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião da Agência da Notícia. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Agência da Notícia poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.
Comentários com mais de 1300 caracteres serão cortados no limite.

Notícias Relacionadas

 
Sitevip Internet